Adultos precisam manter caderneta de vacinação em dia

Adultos precisam manter caderneta de vacinação em dia

Tomar vacina parece coisa de criança, mas engana-se quem pensa que é só na infância que é preciso colocar a caderneta de vacinação em dia. Os adultos também precisam estar em dia. “A importância de manter as vacinas em dia na vida adulta está, justamente, na proteção dos indivíduos e evitar que eles fiquem doentes”, afirma Marta Heloísa Lopes.

As vacinas necessárias são: difteria e tétano; Hepatite B; e Sarampo, Caxumba e Rubéola. Quem acha que tem mais de 40 anos e já tomou todas as vacinas necessárias, recebe um alerta. “No Estado de São Paulo, o esquema de vacinação em saúde pública começa a partir de 1968, então onde as pessoas tomaram vacina antes disso? Mesmo as clínicas privadas começaram a aparecer a partir de 1973. Logo, muitos adultos não foram vacinados na infância”, explica Marta.

Além das vacinas obrigatórias, existem algumas indispensáveis para grupos específicos. Por exemplo: cardiopatas, doenças pulmonares, diabéticos ou com problemas neurológicos têm que receber vacina de Influenza em qualquer idade, além a de pneumonia.

Recentemente, quem vai viajar para a Europa precisa se atentar para o risco de sarampo em alguns países do continente. “Pessoas que viajam para esses países e não estão devidamente protegidas podem se expor ao vírus e novamente trazê-lo para o nosso meio. É importante que todos estejam com as suas vacinas em dia”, afirma a média Ana Lúcia Frugis Yo.

COMENTÁRIOS