Alckmin amplia tratamento de câncer pelo SUS na Baixada Santista

Alckmin amplia tratamento de câncer pelo SUS na Baixada Santista

Centro Oncológico do hospital Guilherme Álvaro, em Santos, vai operar com nova ala destinada exclusivamente a sessões de radioterapia e braquiterapia

O governador Geraldo Alckmin entrega nesta quinta-feira, 29 de maio, a nova ala do Centro Oncológico do hospital estadual Guilherme Álvaro, em Santos, destinada exclusivamente ao setor de radioterapia e braquiterapia. No total, a Secretaria da Saúde investiu R$ 7,5 milhões com a construção do prédio e aquisição de equipamentos.

O novo setor foi projetado para realizar, mensalmente, até 1.700 sessões de radioterapia e 160 de braquiterapia (radioterapia com emissão de pósitrons), e receberá R$ 3,8 milhões de custeio neste ano. A unidade será gerido por meio de parceria com o Instituto do Câncer Dr. Arnaldo Vieira de Carvalho, de São Paulo.

Os tratamentos serão desenvolvidos em um prédio totalmente novo, com área de 750 m², três consultórios, sala de preparo e recuperação, sala de modelagem de máscaras, oficinas, sala de físicos, braquiterapia, tomógrafo, acelerador linear e equipamentos para o tratamento de radioterapia.

O Centro Oncológico do hospital foi inaugurado em outubro de 2013, e já opera com atendimento ambulatorial e com o Centro de Aplicação de Quimioterapia, que possui 12 poltronas para quimioterapia, dois leitos de descanso, sala para pequenos procedimentos, consultórios e área de espera.

A equipe é composta por 30 funcionários, entre médicos, enfermeiros e outros. O trabalho, desenvolvido em uma área de 792 m², conta com apoio científico, tecnológico e protocolar dos clínicos do Instituto do Câncer de São Paulo (Icesp), o maior centro especializado em oncologia da América Latina.

“Além de oferecer tratamento de qualidade para pacientes com câncer, esse Centro vai trabalhar com a Regulação Oncológica, auxiliando no monitoramento e no gerenciamento dos serviços da rede ‘Hebe Camargo’ de Combate ao Câncer”, afirma o secretário de Estado da Saúde de São Paulo, David Uip.

Além de todas as melhorias entregues em 2014, o orçamento do Hospital Guilherme Álvaro foi ampliado para R$ 107,5 milhões, indicando aumento de R$ 6 milhões em relação ao ano passado. Todo o recurso é destinado aos diversos serviços prestados pelo hospital, que realiza, anualmente, cerca de 124 mil consultas médicas e aproximadamente 45,5 mil atendimentos externos, mais de 8,5 mil internações, 4,6 mil sessões de quimioterapia, 1 mil cirurgias ambulatoriais, média de 500 sessões de hemodiálise e que, agora, passa a atender outras necessidades de seus pacientes.

COMENTÁRIOS