Alckmin entrega expansão e modernização do Hospital Regional de Osasco

Alckmin entrega expansão e modernização do Hospital Regional de Osasco

Com investimento de R$ 48 milhões, unidade conta com novo centro cirúrgico, enfermarias e novos leitos de UTI

 O governador Geraldo Alckmin entrega nesta quinta-feira, 22 de maio, a primeira etapa das obras de reforma, ampliação e modernização do Hospital Regional de Osasco, uma das principais referências de atendimento em alta complexidade nas áreas de neurologia, neurocirurgia e traumatologia da região metropolitana de São Paulo.

Com investimento de R$ 48 milhões, a reforma atinge três pavimentos e uma área de 12 mil m2. A unidade conta agora com um novo centro cirúrgico, composto por cinco salas, das quais duas com raio-X para cirurgia ortopédica.

O hospital também conta com seis novas enfermarias, uma das quais específica para pediatria, totalizando 146 leitos de internação. Também haverá 27 leitos de UTI, 18 adultos e nove infantis.

Ainda nesta primeira fase, estão sendo entregues refeitório, cozinha, cabina primária de energia composta por cinco geradores, dois novos elevadores, sistema de ar condicionado central e, parcialmente, um lactário e uma enfermaria.

O Hospital Regional de Osasco passará por uma segunda etapa de expansão e modernização dos espaços. Orçada em R$ 29,6 milhões, a obra tem previsão de entrega no primeiro semestre de 2016 e abrangerá um espaço de 9,1 mil m2.

Com o término das obras, o hospital contará com novos espaços de pronto-socorro, ambulatório, hemodiálise, laboratório, endoscopia, colonoscopia e hospital-dia com centro cirúrgico ambulatorial composto por oito leitos.

A unidade também contará com novos equipamentos de ressonância magnética, tomógrafo, raio-X (incluindo aparelho telecomandado) e ecocardiograma.

Haverá a construção de um bloco administrativo e um prédio para serviços terceirizados (manutenção, frota e vestiários).

“A região de Osasco ganha, na prática, um novo hospital regional a partir dessas importantes e significativas melhorias, o que qualificará, ainda mais, o atendimento prestado à população”, afirma o secretário de Estado da Saúde de São Paulo, David Uip.

COMENTÁRIOS