Alckmin nomeia 52 médicos e contrata outros 26 para a Saúde

Alckmin nomeia 52 médicos e contrata outros 26 para a Saúde

Reforço também inclui técnicos de enfermagem e enfermeiros

O governador Geraldo Alckmin autorizou, na última quinta-feira, 24 de dezembro, a nomeação de 52 médicos e a contratação, pelo prazo de 12 meses, de outros 26, mediante o aproveitamento de remanescentes de processos seletivos simplificados.

Dos novos médicos nomeados, 11 serão para o Instituto de Infectologia Emílio Ribas, 11 para o Hospital Geral de Taipas, 14 para o Conjunto Hospitalar do Mandaqui, quatro para o Centro de Atenção Integral à Saúde Mental (Caism) David Capistrano, na Água Funda, cinco para o Hospital Estadual de Presidente Prudente e dois para o Conjunto Hospitalar de Sorocaba.

Dois enfermeiros e oito técnicos de enfermagem foram nomeados para o Hospital Guilherme Álvaro, em Santos.

Os novos servidores foram aprovados em concursos públicos promovidos pela Secretaria.

Já os contratados irão contribuir para reforçar o atendimento à população usuária do SUS (Sistema Único de Saúde) nos hospitais Interlagos (19) e Cândido Fontoura (7), ambos na capital paulista.

COMENTÁRIOS