Alckmin nomeia mais 679 servidores para a Saúde

Alckmin nomeia mais 679  servidores para a Saúde

Reforço inclui 14 médicos, 373 técnicos de enfermagem, 36 enfermeiros, entre outros; nomeações visam melhorar atendimento aos usuários do SUS

O governador Geraldo Alckmin nomeou 679 novos servidores públicos estaduais para a área da Saúde. São 14 médicos, 373 técnicos de enfermagem, 36 enfermeiros, 220 oficiais de saúde, sete agentes de saúde, três assistentes sociais, cinco técnicos radiologistas, um biologista, sete farmacêuticos, sete fisioterapeutas, um fonoaudiólogo, dois nutricionistas, um terapeuta ocupacional, um psicólogo e um auxiliar de enfermagem, que irão atuar nos serviços da Secretaria de Estado da Saúde.

Os nomeados irão complementar o quadro de funcionários da Secretaria. As nomeações levaram em conta a necessidade de reforçar o atendimento à população usuária do SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o Estado.

Os servidores vão trabalhar nos hospitais Cândido Fontoura, Vila Nova Cachoeirinha, Regional Sul, Vila Penteado, Geral de Taipas, Geral de São Matheus, Maternidade Interlagos, Dante Pazzanese, Conjunto Hospitalar do Mandaqui e Instituto de Infectologia Emilio Ribas, na capital paulista.  Na grande São Paulo, o Complexo Hospitalar Padre Bento e Hospital Regional de Osasco, também ganharam novos servidores.

Além disso, os novos profissionais irão atuar em outras unidades como Centro de Referência e Treinamento DRS-AIDS, Centro de Referência da Saúde da Mulher, Centro de Atenção Integrada em Saúde Mental da Água Funda, Centro Pioneiro em Atenção Psicossocial  CPAC, Centro de Atenção Integrada em Saúde Mental Phillippe pinel – CAISM Phillippe pinel, Centro Especializado em Reabilitação Mogi das Cruzes, unidades de gestão assistencial  I/IV/III, Departamento de gerenciamento ambulatorial da capital DGAC, CSI de Pinheiros e núcleo de gestão assistencial Várzea do Carmo.

Os novos nomeados também vão atuar nos Departamentos Regionais de Saúde de Bauru e Araçatuba e nos hospitais Regional de Assis, Estadual de Presidente Prudente, Santa Tereza em Ribeirão Preto, Américo Brasiliense e Centro de Atenção Integral a Saúde “Clemente Ferreira”, em Lins e Centro de Atenção Integral à Saúde de Santa Rita (CAIS/SR) no interior paulista.

“Essas novas contratações reforçam o compromisso do governo paulista com a ampliação da assistência à população usuária do SUS e deve refletir diretamente na qualidade e quantidade de atendimentos realizados nas unidades de saúde do Estado”, diz o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

Os novos servidores foram aprovados em concursos públicos promovidos pela Secretaria.

COMENTÁRIOS