AMEs treinam funcionários para atender em libras

AMEs treinam funcionários para atender em libras

Ambulatórios Médicos de Especialidades estaduais têm preparado funcionários para uso da linguagem para melhor atendimento a deficientes auditivos

 A Secretaria de Estado da Saúde, por meio dos Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs), está capacitando profissionais que atuam nessas unidades para melhor atender deficientes auditivos que procuram o serviço.
Atualmente, 36 AMEs possuem, juntos, 350 profissionais treinados para se comunicar por meio desse tipo de linguagem, com a finalidade de qualificar e humanizar o atendimento (confira relação abaixo).

O aprimoramento abrange funcionários de diversas áreas, como enfermagem, assistência social, recepção, administrativo, zeladoria e outros.

O AME Praia Grande foi pioneiro na capacitação dos servidores e oferece o curso anualmente, com apoio de voluntários religiosos da região. “A iniciativa começou há 4 anos e sempre temos alguém como referência para falar fluentemente. Essa capacitação é muito importante para que o paciente portador de deficiência auditiva tenha total conforto para cuidar de sua saúde” afirma Simone Pereira, gerente de qualidade do AME-PG e responsável pelo humanização.

 

COMENTÁRIOS