Autoaceitação e padrões de beleza são tema de ‘talk-show’ no Instituto do Câncer

Autoaceitação e padrões de beleza são tema de ‘talk-show’ no Instituto do Câncer

Encontro reúne convidados para falar sobre empoderamento feminino e o impacto das pressões sociais no dia a dia das mulheres; Evento é aberto ao público

Para comemorar a semana do Dia Internacional da Mulher (celebrado nesta quarta-feira, dia 8 de março), o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), unidade ligada à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP, convida a população para um debate sobre o impacto das pressões sociais nas diferentes esferas do cotidiano feminino e a importância de empoderar as mulheres. O evento acontece no dia 9 de março, quinta-feira, a partir das 10 horas, no auditório do hospital.

“Grande parte das mulheres se impõem padrões e expectativas que, em geral, nem são delas, mas sim do que a sociedade espera da mulher. Isso pode não só fazer com que elas não se sintam plenas, como também, adoecê-las fisicamente”, alerta Laura Testa, oncologista clínica do Icesp.

Conduzido por um grupo heterogêneo, com diferentes idades e personalidades, e das mais diversas áreas de atuação no mercado, o talk-show “Ser Mulher” vai levantar discussões sobre moda, beleza e saúde, e propor reflexões de forma leve e divertida, trazendo a opinião e as experiências pessoais dos convidados sem deixar de lado o embasamento científico.

Comandam o bate-papo a diretora-executiva do Icesp, Joyce Chacon, a coordenadora da Oncologia Clínica do Instituto, Dra. Maria del Pilar Estevez Diz, a coordenadora de Radioterapia do hospital, Dra. Karina Moutinho, a miss, modelo e paciente, Gislene Charaba, além de Laura.

COMENTÁRIOS