Campanha contra gripe vacinou 1/3 do público alvo em SP

Campanha contra gripe vacinou 1/3 do público alvo em SP

Gestantes paulistas apresentam menor adesão: apenas 28,5% delas receberam a dose; vacinação segue até sexta-feira, dia 22

Balanço da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo desta segunda-feira, 18 de maio, aponta que a adesão das gestantes à vacinação contra gripe é a menor até o momento entre os públicos-alvo da campanha. Desde 4 de maio, foram imunizadas 130.757 mil grávidas, o que representa cobertura proporcional de 28,5%.

A cobertura de todo o público prioritário da campanha apresenta índice de adesão de 33,8%, segundo dados informados pelos municípios paulistas. Em duas semanas, 3.598.606 pessoas foram imunizadas contra o vírus Influenza, causador da gripe (veja dados regionais abaixo).

Mais da metade dos paulistas vacinados são idosos com 60 anos ou mais: 1.833.733 pessoas, representando cobertura de 37,8%. A outra parte do público imunizado contabiliza 797.319 crianças com idade entre seis meses e menos de cinco anos de idade (cobertura de 31,6%), 559.768 pacientes diagnosticados com doença crônica, 36.196 puérperas (até 45 dias após o parto), 229.435 trabalhadores da saúde, 3.031 indígenas e outras 8.367 pessoas relacionadas ao sistema prisional.

Até 22 de maio, data prevista para encerramento da campanha, a Secretaria pretende imunizar 11,8 milhões de paulistas – o número corresponde à meta de 80% das 14,7 milhões de pessoas que compõem o público-alvo. Para facilitar o acesso à vacina e, consequentemente, intensificar a cobertura, a Secretaria promoveu o Dia D no sábado, 9 de maio.

Além de imunizar a população contra a gripe A H1N1, tipo que se disseminou pelo mundo na pandemia de 2009, a campanha visa proteger a população de outros dois tipos do vírus influenza: A (H3N2) e B. A vacina foi produzida pelo Instituto Butantan, unidade ligada à pasta, através de um processo de transferência de tecnologia.

Outros dois tipos de vacina estão disponíveis, no período da campanha: a pneumocócica 23-valente, responsável pela prevenção de doenças como pneumonia, meningite e bacteremia/septicemia (infecção generalizada do sangue). Ela é destinada especificamente aos idosos hospitalizados ou residentes em instituições como asilos e casas de repouso, às pessoas diagnosticadas com doenças crônicas (cardiovasculares, pulmonares, renais, diabetes mellitus, hepáticas e hemoglobinopatias) e aos imunodeprimidos (transplantados, com neoplasias e infectados pelo HIV). A outra vacina disponível imuniza contra difteria e tétano.

“Hoje, queremos fazer um chamado especial para as gestantes, pois a vacina é essencial para proteger a grávida e o seu bebê, nos primeiros seis meses de vida. As demais pessoas que se enquadram no público-alvo também devem procurar os postos de vacinação até sexta-feira, 22 de maio, data prevista para encerramento da campanha”, afirma a diretora de Imunização da Secretaria, Helena Sato.

 

Regional Doses
Capital

854.619

Grande São Paulo

469.106

Alto Tietê

205.956

Araçatuba

69.235

Araraquara

91.017

Assis

49.994

Barretos

42.147

Bauru

159.360

Campinas

373.959

Franca

48.147

Marília

55.908

Piracicaba

124.330

Presidente Prudente

78.560

Vale do Ribeira

30.970

Ribeirão Preto

113.093

Baixada Santista

169.598

São João da Boa Vista

76.299

Vale do Paraíba

218.397

São José do Rio Preto

159.603

Sorocaba

208.308

TOTAL

3.598.606

 

COMENTÁRIOS