‘Carreta da alimentação saudável’ ensina 2,4 mil crianças em Paraisópolis

‘Carreta da alimentação saudável’ ensina 2,4 mil crianças em Paraisópolis

Ação do programa Meu Pratinho Saudável, a partir desta quinta-feira, dia 16, contará com avaliação nutricional, orientação com alimentos em resina e comparação das quantidades de sal, açúcar e gordura presentes nos alimentos preferidos pelas crianças

         Na semana em que se celebra o Dia Mundial da Alimentação, o programa Meu Pratinho Saudável, parceria do Hospital das Clínicas de São Paulo com a LatinMed Editora em Saúde, leva a sua “carreta da nutrição” para um verdadeiro mutirão do combate à obesidade infantil em Paraisópolis, zona Sul de São Paulo.

As ações, que contam com apoio do Unilever Health Institute acontecem nesta quinta e sexta-feira, 16 e 17 de outubro, das 8h às 16h. A maior carreta com cozinha da América Latina ficará estacionada em frente à Unidade Básica de Saúde da rua Silveira Sampaio, 660. O veículo, com 22 metros de comprimento, foi equipado com duas cozinhas completas, com fogão, forno, geladeira, freezer e demais utensílios.

Trinta e cinco nutricionistas do programa irão desenvolver as atividades com as crianças, que passarão por avaliação nutricional, com medição de peso, altura e circunferência abdominal, além de receberem orientação com réplicas de alimentos em resina, aprendendo a montar o prato saudável, do café da manhã e dos lanches.

Elas também vão participar de uma oficina de culinária, onde aprenderão receitas de arroz cremoso e de suco com legumes, com orientações do preparo adequado dos alimentos e do seu aproveitamento.

Também haverá a “oficina dos alimentos”, onde as crianças aprenderão a fazer escolhas mais saudáveis na alimentação diária e saberão o quanto de açúcar, sal e gordura têm nos alimentos que eles costumam comer no dia-a-dia.

O objetivo da oficina dos alimentos será chamar a atenção para os malefícios que o consumo exagerado de alguns tipos de alimentos industrializados, como biscoitos recheados, macarrão instantâneo, salgadinhos e achocolatados, podem fazer à saúde. Os itens serão exibidos em quatro monitores de TV de plasma instalados na carreta.

“A obesidade infantil é uma doença que causa problema sérios, como hipertensão, colesterol alto e diabetes. Por isso, é tão importante as crianças e adolescentes saberem fazer refeições saudáveis, e levarem esses hábitos para dentro de casa”, diz a Dra. Elisabete Almeida, coordenadora do programa.

Meu Pratinho Saudável

O programa Meu Pratinho Saudável  tem como objetivo combater o excesso de peso na população infantil e facilitar o entendimento do que é uma alimentação saudável. Sua metodologia ensina: metade do prato da criança nas refeições principais deve ser preenchido com verduras e legumes (crus e cozidos) e a outra metade, dividida em 1/4 de alimento rico em proteínas e 1/4 de alimento rico em carboidratos. O café da manhã e os lanches devem conter pelo menos um alimento rico em proteínas, um alimento rico em carboidratos e um alimento de origem vegetal: fruta, verdura ou legume.

 

COMENTÁRIOS