Carretas da mamografia circulam por 17 locais de SP até o final de março

Carretas da mamografia circulam por 17 locais de SP até o final de março

 Moradoras de diversas regiões de SP podem realizar mamografias gratuitamente nas carretas do programa estadual “Mulheres de Peito”, que oferecem o exame sem necessidade de pedido médico para mulheres entre 50 e 69 anos de idade.

Os serviços móveis estarão em mais de 17 destinos no decorrer deste mês, nas regiões do Vale do Paraíba, Grande São Paulo, Bauru e Piracicaba (confira a agenda completa abaixo). O itinerário visa facilitar o acesso ao exame para pacientes que vivem ou visitam esses locais.

Os exames são realizados de segunda à sexta-feira, das 9h à 18h, e aos sábados, das 9h às 13h, exceto feriados. Mulheres entre 50 e 69 anos de idade podem fazer o exame nas unidades sem apresentar pedido médico de mamografia. Pacientes fora dessa faixa etária também podem ser atendidas, desde que apresentem solicitação médica que pode ter sido emitida tanto pela rede pública quanto particular.

“Quanto maior a idade, maiores as chances de ter câncer de mama. Não existem sintomas fáceis de identificar, porque o câncer de mama pode ser silencioso”, diz o mastologista Luiz Henrique Gebrim. Ele alerta, no entanto, que mulheres de todas as idades podem ser atingidas pela doença.

Caso sejam detectadas alterações no exame ou suspeitas de câncer, a paciente será encaminhada a um serviço de referência do SUS para fazer exames complementares, acompanhamento ou tratamento, conforme as particularidades de cada caso.

“Este programa visa incentivar as mulheres a realizarem o exame de mamografia, fundamental para o diagnóstico e tratamento precoce do câncer de mama”, afirma o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

Em fevereiro, as unidades itinerantes passaram por doze cidades, incluindo municípios do litoral, como parte da operação “Verão + Seguro”, iniciativa do Governo do Estado que mobiliza as Secretarias de Saúde, Segurança Pública e Logística e Transporte. Como também percorreu municípios do interior paulista

O programa possui oito carretas. Cada unidade tem 15 metros de comprimento, 4,1 metros de altura e, quando abertas, 4,9 metros de largura. Contam com mamógrafo, ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antenas de satélite, computadores, mobiliários e sanitários, além de uma equipe multidisciplinar. Funcionam em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem (Fidi).

O “Mulheres de Peito” também oferece agendamento por callcenter (0800-779-0000), disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Neste caso, os exames são agendados em unidades de saúde fixas do SUS.

“O exame salva vidas. A mamografia faz uma detecção precoce, o que não impede que o câncer apareça, mas a descoberta num estágio inicial impede que ele evolua”, explica a supervisora do Mulheres de Peito, Fabiana Angélica de Oliveira.

“O fato de a taxa de incidência ser relativamente alta e a de mortalidade ser relativamente baixa mostra que o nosso sistema de saúde, apesar de todos os problemas, está salvando muitas vidas. Mas temos imensos desafios pela frente,” afirma Liz Almeida, chefe da Divisão de Pesquisa Populacional do Instituto Nacional de Câncer (INCA).

Cronograma das carretas:  

MUNICÍPIO INÍCIO FINAL
Jeriquara 02/03/2020 07/03/2020
Itapevi 02/03/2020 14/03/2020
Natividade da Serra 02/03/2020 07/03/2020
Barrinha 02/03/2020 07/03/2020
Ibirapuera – Ginásio + Obelisco (São Paulo) 05/03/2020 08/03/2020
Ibirapuera – Obelisco (São Paulo) 08/03/2020 08/03/2020
Aramina 09/03/2020 14/03/2020
Jacareí 09/03/2020 21/03/2020
Pitangueiras 09/03/2020 14/03/2020
Rio Grande da Serra 10/03/2020 14/03/2020
Lençóis Paulista 10/03/2020 14/03/2020
Itatiba 10/03/2020 21/03/2020
Carapicuíba 16/03/2020 28/03/2020
Araras 16/03/2020 28/03/2020
Jaboticabal 16/03/2020 21/03/2020
José Bonifácio 23/03/2020 28/03/2020
Pirassununga 30/03/2020 04/04/2020

COMENTÁRIOS