Casos de leptospirose aumentam em época de chuvas

Casos de leptospirose aumentam em época de chuvas

A leptospirose, que pode ocorrer depois do contato com a urina de ratos contaminados com a bactéria leptospira, está entre as principais doenças no período de grandes chuvas. Quando em contato com a pele humana, por meio das águas de inundação, a bactéria pode penetrar no organismo causando sintomas como febre, dores de cabeça e nos músculos e náuseas. É importante lembrar que, quando não tratada com antecedência, a leptospirose pode levar a morte.

Segundo o infectologista Jean Gorinchteyn, os sinais da doença podem aparecer no dia seguinte após o contato com as águas de chuva, ou até depois de um mês. “Os primeiros sintomas podem ser febre, dores na cabeça e no corpo, principalmente na panturrilha. Na ausência de tratamento de urgência, alguns casos podem ser mais graves, provocando riscos de insuficiência renal com sangramento nos pulmões”, explica o médico.

Confira algumas informações da doença (fonte: Instituto de Infectologia Emílio Ribas)
• O QUE É LEPTOSPIROSE? 
A leptospirose é uma doença causada por bactéria e transmitida pelo contato acidental de humanos com urina de roedores urbanos (ratos de telhado e ratazanas) infectados, o que, normalmente, acontece por meio da água e da lama de enchentes ou ainda de córregos, lagos, represas, esgotos, lixo, entulho e fossas. A doença pode demorar até 30 dias para se manifestar.

• QUAIS SÃO OS SINTOMAS?
Os principais sintomas da fase inicial são febre aguda, dores no corpo e dores de cabeça. Quando o quadro não é diagnosticado e tratado rapidamente, a doença evolui ainda para icterícia (cor amarelada na pele), hemorragias nas mucosas, no pulmão, no estômago e no intestino. A leptospirose pode até matar!

• COMO PREVENIR?
Evite andar em áreas alagadas ou com lama, sem o uso de botas de borracha. Descarte alimentos que entrarem em contato com água de enchente. Lembre-se: se for preciso, faça a higienização de lugares e objetos que tenham tido contato com água de enchente, porém não se esqueça de se proteger com botas e luvas.

COMENTÁRIOS