‘Check- up’ grátis para homens e carreta da mamografia chegam ao Alto Tietê

‘Check- up’ grátis para homens e carreta da mamografia chegam ao Alto Tietê

Região receberá veículo equipado com mamógrafo e ultrassom; programa “Filho que ama leva o pai ao AME” levará prevenção em cardiologia e urologia a partir deste sábado na região

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo vai ampliar o acesso e incentivar homens e mulheres da região do Alto Tietê a realizarem exames preventivos na rede pública de saúde.

Para as mulheres, por meio do programa “Mulheres de Peito”,  o objetivo é agilizar e facilitar a realização de exames de mamografia. Para isso, a pasta irá utilizar uma carreta-móvel, equipada com mamógrafo e ultrassom, que ficará instalada no Largo do Rosário, conhecido também como “Praça da Marisa”, no centro de Mogi das Cruzes, por no mínimo 30 dias.

As mulheres entre 50 e 69 anos de idade não precisarão de pedido médico de mamografia para a realização do exame na unidade móvel. Pacientes fora dessa faixa etária também poderão realizar os exames, mas desde que tenham em mãos um pedido médico, que pode ter sido emitido tanto pela rede pública quanto particular.

As carretas possuem 15 metros de comprimento, 4,10 metros de altura e, quando abertas, 4,90 metros de largura. Além de mamógrafo, cada veículo é equipado com aparelho de ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antena de satélite, computadores, mobiliários e sanitários.

As unidades móveis de mamografia contam com uma equipe multidisciplinar composta por técnicos em radiologia, profissionais de enfermagem, funcionários administrativos e um médico ultrassonografista.

No interior das carretas, as mulheres poderão fazer exames de mamografia de segunda à sexta-feira, das 9h às 20h, e aos sábados, das 9h às 13h. As imagens captadas pelos mamógrafos serão encaminhadas para o Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (Sedi), serviço da Secretaria que emite laudos à distância, na capital paulista. O resultado sairá em até 48 horas após a realização do procedimento.

Além das carretas itinerantes que percorrem o Estado, as mulheres paulistas com idades entre 50 e 69 anos que nasceram em ano par e fazem aniversário no mês de abril também podem marcar seus exames de mamografia sem necessidade de pedido médico, gratuitamente, pelo SUS (Sistema Único de Saúde) através do call center da Secretaria, pelo número 0800-779-0000. O serviço telefônico está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às17h. Neste caso, os exames não serão realizados nas carretas, e sim em uma das 300 serviços com mamógrafo do SUS paulista. No próximo mês será a vez das mulheres aniversariantes de maio agendarem a mamografia sem pedido médico.

As mulheres nascidas em ano ímpar e que realizaram o exame recentemente terão a oportunidade agendar a mamografia no próximo ano, também no mês do aniversário, em unidades como AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades), hospitais e clínicas. Mas caso a mulher tenha nascido em ano ímpar e esteja há mais de dois anos sem fazer o exame, também poderá fazer o agendamento no mês de seu aniversário, ainda este ano. Doze mil mamografias a mais serão ofertadas na rede com o programa.

A previsão é de que a mamografia seja realizada ainda no mês de aniversário da paciente ou, no máximo, em 45 dias após a solicitação do exame. Caso sejam detectadas alterações no exame ou suspeitas de câncer, a paciente será encaminhada a um serviço de referência do SUS para fazer exames complementares, acompanhamento ou tratamento, de acordo com cada caso.

Filho que ama leva o Pai ao AME

O AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Mogi das Cruzes acaba de ser integrado ao programa “Filho que ama leva o Pai ao AME”, um projeto inédito de check-ups preventivos, nas áreas de cardiologia e urologia, voltado aos homens a partir dos 50 anos de idade. Os atendimentos começarão já neste sábado, dia 26 de abril.

O objetivo do programa é estimular que o homem verifique se sua saúde está em dia, de forma preventiva, mesmo que não sinta nada, uma vez por ano. A campanha quer mobilizar os filhos desses pacientes para que incentivem os pais a cuidar da saúde.

Todo paciente residente na região do Alto Tietê interessado em participar do programa deve ligar para o callcenter da Secretaria (0800-779-0000), que funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 17h, para agendar o check-up no ambulatório.

A prevenção é feita em duas etapas. No primeiro sábado, o homem recebe uma consulta de enfermagem, colhe sangue para exames (hemograma completo, colesterol, glicemia, creatinina e dosagem de PSA) e passa por aferição de peso, altura e risco cardíaco. No sábado seguinte, o paciente retorna para buscar o resultado dos exames e ser avaliado por um cardiologista e um urologista.

Caso seja identificado qualquer problema, o paciente é encaminhado para tratamento e acompanhamento na rotina do próprio ambulatório, podendo, inclusive, ser encaminhado a outros especialistas se houver necessidade.

Uma pesquisa feita pelo Centro de Referência em Saúde do Homem, na capital paulista, mostrou que 60% pacientes masculinas que ficam doentes  só buscam tratamento quando as doenças já estão em estado avançado, quadro que se explica pela baixa procura por exames preventivos e consultas regulares.

O protocolo de atendimento foi desenvolvido em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia, a Socesp (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo) e a Sociedade Brasileira de Clínica Médica.

COMENTÁRIOS