Check-up gratuito para homens na rede pública já atendeu 20 mil em SP

Check-up gratuito para homens na rede pública já atendeu 20 mil em SP

Exames preventivos e consultas são realizados aos sábados em 25 ambulatórios estaduais, sem necessidade de encaminhamento médico; não é mais necessário fazer o agendamento no mês do aniversário do paciente

O programa “Filho que AMA leva o pai ao AME”, Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, que oferece check-up gratuito para homens a partir dos 50 anos de idade, sem necessidade de encaminhamento médico, já atendeu cerca de 20 mil pessoas em todo o Estado. No total já foram realizadas mais de 56 mil consultas.

São oferecidos exames preventivos nas áreas de cardiologia e urologia, realizados aos sábados em 25 AMEs (Ambulatório Médico de Especialidades) da capital, região metropolitana, interior e litoral do Estado (veja lista abaixo).

A campanha de prevenção e promoção de saúde incentiva os filhos dos pacientes a levarem seus pais no médico, mas o agendamento deve ser feito pelo próprio paciente.

Para fazer o check-up, basta ligar para o telefone 0800-779-0000 e fornecer seus dados pessoais. A novidade é que agora não é mais necessário aguardar o mês do aniversário para fazer o agendamento.

O atendimento é dividido em pelo menos dois sábados. No primeiro, o paciente passa por uma consulta de enfermagem que envolve avaliação do peso, altura e risco cardíaco, uma bateria de exames laboratoriais de sangue e eletrocardiograma.

Para o sábado seguinte é agendado o retorno para as consultas com cardiologista e urologista com a avaliação dos resultados dos exames. Caso haja alguma anormalidade, o paciente é encaminhado para mais exames, acompanhamento e tratamento já dentro da rotina de atividades comuns do AME.

“O agendamento aos sábados é justamente para facilitar o atendimento preventivo a esses homens, sem danos à suas rotinas de trabalho durante a semana. O programa também foi pensado como um apelo aos filhos e parentes de modo geral, para que estimulem essa visita ao médico”, afirma o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

O protocolo de atendimento foi desenvolvido em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia, a Socesp (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo) e a Sociedade Brasileira de Clínica Médica.

Os AMEs envolvidos no programa funcionam aos sábados das 7h até, no mínimo, 13h. Os AMEs oferecem atendimento regional, e os pacientes são encaminhados para a unidade mais próxima de sua cidade.

 

Unidades que fazem o atendimento do programa “Filho que ama leva o pai no AME”

1. AME Heliópolis (capital)

2. CRI Norte (Capital)

3. AME Mogi das Cruzes

4. AME Taboão da Serra

5. AME Carapicuíba

6. AME Mauá

7. AME Araçatuba

8. AME Américo Brasiliense

9. AME Santos

10. AME Praia Grande

11. AME Barretos

12. AME Bauru

13. AME Promissão

14. AME Jundiaí

15. AME Franca

16. AME Ourinhos

17. AME Rio Claro

18. AME Presidente Prudente

19. AME São João da Boa Vista

20. AME Mogi Guaçu

21. AME Votuporanga

22. AME São José do Rio Preto

23. AME Sorocaba

24. AME Caraguatatuba

25. AME Tupã

COMENTÁRIOS