Com programa de cuidadores, hospital estadual reduz em 80% permanência de pacientes crônicos

Com programa de cuidadores, hospital estadual reduz em 80% permanência de pacientes crônicos

Projeto prepara famílias para receber em casa os pacientes que necessitam de cuidados especiais

O Hospital Geral de Pirajussara, unidade ligada à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e gerenciada em parceria com a SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), reduziu em 80% o tempo de permanência de pacientes crônicos no hospital nos últimos cinco anos, por meio do programa “Cuidando do Cuidador”. O projeto tem como objetivo de auxiliar os familiares e prepará-los para cuidar dos pacientes após a alta hospitalar.

O programa surgiu com o objetivo de dar um tratamento específico aos familiares que, por muitas vezes, ficam receosos de receber os pacientes em casa após a alta hospitalar, em razão dos cuidados especiais que necessitam.

Os cuidadores são acompanhados por uma equipe multidisciplinar formada pelo serviço social, psicólogos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas e fonoaudiólogos, que atende em grupo os familiares ou cuidadores de pacientes internados no pronto-atendimento, clínica médica, clínica cirúrgica e UTI. Nos últimos cinco anos, mais de 2,3 mil cuidadores já participaram do programa.

“O acompanhamento feito com os familiares antes da alta hospitalar dos pacientes foi fundamental para o sucesso do programa. Através dele, pudemos tranquilizar tanto cuidadores quanto pacientes e facilitar o processo de adaptação”, diz Eliane Teixeira Leite, assistente social e coordenadora do projeto.

Os encontros acontecem todas as terças-feiras, às 15h, quando os cuidadores recebem também, a cartilha “Cuidando do Cuidador – Guia prático para cuidadores informais”, elaborada pela própria equipe do hospital.

COMENTÁRIOS