Corujão da Catarata agiliza realização de cirurgias e atende milhares de paulistas

Corujão da Catarata agiliza realização de cirurgias e atende milhares de paulistas

Desde o mês de maio , o programa “Corujão da Saúde” também passou a englobar cirurgias de catarata em todas as regiões do Estado. De maio até julho, o “Corujão da Catarata” realizou 6.387 cirurgias extras de catarata, feitas em 37 serviços estaduais de saúde, entre AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades) e hospitais.

Os procedimentos foram realizados em pacientes que estão cadastrados na Central de Regulação de Vagas do Estado (Cross), que já possuem indicação médica e estão aptos a realizá-los. O recurso para custear os procedimentos extras será de R$ 6,3 milhões.

“Decidimos criar este ‘Corujão’ para agilizar as cirurgias de pacientes com catarata e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida das pessoas que precisam passar pelo procedimento”, afirma o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira.

A cirurgia leve de 10 a 15 minutos e sua recuperação é muito rápida. No dia seguinte, o paciente já consegue sentir o benefício do procedimento.

“O Corujão da Catarata é um empenho administrativo e logístico do hospital que envolve toda a nossa equipe, do segurança e da limpeza até médicos e enfermagem. O paciente é atendido da mesma forma de sempre, com consulta marcada e todos os procedimentos de segurança feitos, só que a gente consegue fazer isso de uma forma mais rápida, diminuindo a fila gigante de catarata que existe no Brasil inteiro”, explica o oftalmologista Dr. Francisco Crestana.

“Depois que fiz a cirurgia, a vista ficou muito boa. A cirurgia foi muito bem feita, eles atenderam muito bem”, revela o aposentado Vicente Lima.

COMENTÁRIOS