Depois de um ano, HC aprimora ferramenta Portal do Paciente

Depois de um ano, HC aprimora ferramenta Portal do Paciente

Lançado em outubro de 2018 com o objetivo em reduzir o absenteísmo e aperfeiçoar o controle da agenda das Interconsultas, o Portal do Paciente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) ganhou novas funcionalidades.

Seguindo a tendência de Inovação, a ferramenta contribui para a Sustentabilidade e facilita a Acessibilidade. Isso graças à redução de impressos das filipetas com a permissão de entrada às dependências do Complexo Hospitalar do paciente, acompanhante e visitantes, por meio do aplicativo ABRACATRACA, via QRCode no celular nos dias de consulta e visita aos pacientes internados; e visualização na tela do computador, smartphone e tablet os resultados dos exames clínicos e de imagem.

Segundo Rita Peres, Coordenadora da Segurança Patrimonial do HC, do Núcleo de Infraestrutura e Logística (NILO), atualmente 2.100 paciente utilizam o app ABRACATRACA, cuja funcionalidade migrou para o Portal no mês de julho passado. Cerca de 50 pacientes por dia são cadastrados para serem habilitados ao uso do aplicativo. “Para quem utiliza o ABRACATRACA o tempo de espera é zero, na fila de cadastramento já sentimos maior fluidez e diminuição drástica no número de reclamações feitas na Ouvidoria”, confirma.

De fácil navegação e acesso pelo site do HC (www.hc.fm.usp.br) ou https://portaldopaciente.hc.fm.usp.br, o Portal do Paciente surgiu de uma demanda do Eixo Temático Gestão Ambulatorial, e teve total comprometimento de desenvolvimento do Núcleo Especializado em Tecnologia da Informação (NETI) a partir de uma ferramenta que estava em progresso para o Instituto de Ortopedia e Traumatologia (IOT) e foi adaptada para atender as necessidades do paciente.

O cadastro é feito com o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física), data de nascimento e senha pessoal. Pode-se confirmar ou atualizar os dados cadastrais e sinalizar a impossibilidade de comparecer na consulta marcada para reagendamento.

Dados dos NETI indicam que são mais de 11.730 pacientes já cadastrados no Portal, proporcionando maior conexão com a Instituição. Junto com o ABRACATRACA, foi inserido as filipetas e preparos de exames de laboratório e imagens radiológicas para consulta online pelo paciente.

Para o Coordenador do NETI, Vilson Cobello Junior, “foi gratificante fazer algo que agregue valores para o paciente”.

Entre os diversos benefícios, um deles é a redução de vinda do paciente ao hospital. O Portal já ajudou a economizar mais de R$ 125.000 somente em custos de deslocamento. De acordo com o NETI, esta estimativa baseia-se em 12.500 pacientes, considerando ida e volta através de transporte público. Este valor poderia ser ainda maior se considerados custos indiretos como dias trabalhados, alimentação, insumos, segurança, entre outros.

 

COMENTÁRIOS