#DoeSangue: a Fundação Pró-Sangue precisa de doadores

#DoeSangue: a Fundação Pró-Sangue precisa de doadores

No início de ano, muitas pessoas aproveitam para fazer a lista de metas com o objetivo de cumpri-las ao longo dos 12 meses.  Que tal colocar uma boa ação como prioridade? Doar sangue é um ato simples que salva vidas! A Pró-Sangue busca doações para recompor seu banco e oferecer sangue a quem precisa, principalmente O- e B-, todos em estado crítico.  Já os tipos O+ e A- estão em estado de alerta. 

O sangue é fornecido para mais de 100 instituições de saúde da rede pública do Governo do Estado de São Paulo. É importante realizar a doação de segunda a sexta, quando o tempo de atendimento é menor. Saiba aqui o horário de funcionamento dos demais postos de coleta 

“Para doar sangue basta estar em boas condições de saúde, vir alimentado, ter entre 16 e 69 anos (para menores, consultar site da Pró-Sangue), pesar mais de 50 kg e trazer documento de identidade original com foto recente, que permita a identificação do candidato. Vale lembrar que é bom evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem a doação e, no caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes. Se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente” explica o diretor-presidente da Fundação, Prof. Dr. Vanderson Rocha. 

Os pré-requisitos de doação estão disponíveis no site da Fundação (clique aqui). “É muito importante que as pessoas que chegam para doar sangue estejam cientes dos impedimentos temporários e definitivos”, explica a médica hometerapeuta da Fundação Pró-Sangue, Sandra Esposti. 

A Fundação Pró-Sangue é uma instituição vinculada à Secretaria da Saúde do Governo do Estado de São Paulo.  

COMENTÁRIOS