Emílio Ribas realiza simpósio com ex-residentes sobre doenças infecciosas

Emílio Ribas realiza simpósio com ex-residentes sobre doenças infecciosas

Evento terá 25 temas em debate, incluindo dengue, Aids e superbactérias

 O Instituto de Infectologia Emílio Ribas, unidade da Secretaria de Estado da Saúde considerada referência nacional no tratamento de doenças infectocontagiosas, realiza nos próximos dias 8 e 9 de agosto o Simpósio Infectologia em Evidência – 2º Encontro Científico de Ex-Residentes e Médicos Estagiários.

Ao todo serão discutidos 25 temas da área de infectologia, com destaque para Aids, sífilis, meningite, dengue, infecção hospitalar e superbactérias. Estão convidados todos os médicos infectologistas que fizeram residência ou foram estagiários no instituto, mas os infectologistas sem vínculos com o hospital também podem participar.

Um dos temas de destaque dentro dos debates do simpósio deverá ser o atendimento aos pacientes soropositivos na rede básica de saúde. O debate será mediado pelo Secretário de Estado da Saúde, David Uip, que é médico infectologista e ex-diretor do instituto, e deverá abordar visões diferentes sobre, por exemplo, a necessidade de médicos especialistas no atendimento ambulatorial. Também participarão desta discussão o médico Fábio Mesquita do Departamento de DST, Aids e Hepatites  Virais do Ministério da Saúde e a médica Maria Clara Gianna, do Programa Estadual de DST/Aids de São Paulo.

Segundo o diretor científico do instituto, Ricardo Bamman, que faz parte da comissão organizadora, o Emílio Ribas toma a iniciativa de discutir os temas na área de infectologia porque acredita na importância de mantê-los em discussão e, consequentemente, aperfeiçoar o conhecimento.

“O Instituto Emílio Ribas sempre se destacou pela sua vocação para a área de ensino e pesquisa, e por isso a ideia é realizar um encontro destes profissionais, mas, acima de tudo, renovar nosso compromisso com a qualidade e manter os assuntos da área de infectologia em evidência”, diz Bammann.

Em 2012, quando aconteceu a primeira edição do encontro, cerca de 200 médicos participaram. Os médicos interessados podem obter mais informações e se inscrever pelo e-mail cestudos@uol.com.br ou pelo telefone 3088-8366. O simpósio também está nas redes sociais pelo endereço: https://www.facebook.com/events/938027812889580/?ref=22

 

Programação

Sexta-feira, 8 de agosto

 

PRÉ-SIMPÓSIO

9h às12h

Auditório do Instituto de Infectologia Emílio Ribas  (Avenida Doutor Arnaldo, 165 – Cerqueira César)

 

Temas:

1.      Programas de Residência Médica em Infectologia nos Dias de Hoje

2.      O Lado Feminino da Infectologia no Brasil

3.      Homenagem ao médico André Lomar

4.      Doenças Emergentes e Reemergentes no Mundo Contemporâneo

 

1º PARTE DO SIMPÓSIO

Das 13h30 às 18h

Golden Tulip Paulista Plaza (Alameda Santos, 85 – Paraíso)

 

Temas:

1.      Tratamento do HIV na Rede Básica

2.      Sífilis e HIV

3.      Infecção pelo HVV-8

4.      Paciente com CD4 persistentemente baixo

5.      Relato de Caso: comorbidades

6.      Distúrbios psiquiátricos : origens e riscos no manejo clínico

 

Sábado, 9 de agosto

2º PARTE DO SIMPÓSIO

8h às 18h

Goldern Tulip Paulista Plaza (Alameda Santos, 85 – Paraíso)

 

Temas:

1.      Meninigite

2.      Dengue

3.      Imunização de Adultos

4.      Vacina para o HIV: onde estamos?

5.      Relato de Caso Clínico: Reação Vacinal Adversa

6.      Tratamentos livres de Interferon

7.      Genotipagem e Resistência do Vírus B

8.      Retratamento: sim ou não?

9.      Relato de Caso Clínico: manejo de cirrótico grave

10.  Ferramentas para a Vigilância em Infecção Hospitalar no Estado de SP

11.  Traduzindo Multirresistência do Laboratório para a Clínica

12.  Isolamento por Tuberculose Resistente

13.  Relato de Caso Clínico: manejo de paciente multirresistente

14.  Bioterrorismo

15.  Riscos de Viagens às Regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste

COMENTÁRIOS