Emílio Ribas realiza simpósio sobre gripe

Emílio Ribas realiza simpósio sobre gripe

O Instituto de Infectologia Emílio Ribas, unidade ligada à Secretaria de Estado da Saúde e referência em doenças infectocontagiosas, realiza na próxima sexta-feira, dia 13 de abril, simpósio para discutir o vírus Influenza, causador de gripes.

Com o tema “100 anos da Gripe Espanhola”, o evento é destinado a gestores e profissionais da área saúde e tem como objetivo o compartilhamento de experiência para o aperfeiçoamento das ações e políticas públicas desenvolvidas até o momento.

O simpósio vai abordar o atual cenário do vírus no país e no Estado, bem como o monitoramento desde sua chegada há 100 anos e as campanhas de vacinação que foram promovidas ao longo dos anos. Além disso, os palestrantes, da área de Infectologia, Farmácia e sanitaristas, irão abordar temas como o impacto econômico da produção de vacinas e os grupos prioritários envolvidos em medidas preventivas realizadas pelo poder público. Em dois momentos, às 10h10 e às 12h, os profissionais ficarão disponíveis para responder questionamentos referentes aos assuntos tratados nas palestras.

Conforme balanço realizado pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, em 2018 até o momento, foram notificados 65 casos e 11 óbitos  de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Estado de São Paulo atribuíveis ao vírus Influenza. Desse total, foram relacionados ao vírus A (H3N2) 19 casos e 3 óbitos. Em 2017, foram 1.021 casos e 200 óbitos, cerca de metade relacionados ao H3N2 – 562 casos e 99 mortes. O Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) monitora desde 2011, a circulação do vírus no Estado de São Paulo.

“Não há, hoje, qualquer anormalidade epidemiológica em relação à gripe em SP, mas a discussão quanto ao monitoramento, ações de vigilância, enfrentamento e diagnóstico é imprescindível entre os profissionais da área”, afirma a epidemiologista do Emílio Ribas e uma das organizadoras do evento, Ana Freitas Ribeiro.

O evento, que conta com o apoio da Sanofi Pasteur, acontece das 08h30 às 12h30, no auditório do Instituto de Infectologia Emílio Ribas. O espaço está localizado na Avenida Dr. Arnaldo, 165, São Paulo.

Há vagas disponíveis e a inscrição deve ser feita até o dia 11 de abril, através do e-mail ensino@emilioribas.sp.gov.br.

Programação:

8h30 – Café de boas vindas

9h00 – Abertura – Ana Freitas

9h10 – Vigilância epidemiológica da influenza no Brasil no estado de SP: progressos e desafio – Telma Carvalhanas

9h40 – Fatores de risco: crianças, gestantes e influenza como gatilho na descompensação de doenças crônicas – Ana Freitas

10h10 – Perguntas e respostas

10h30 – Coffee Break

11h00 – Diagnóstico e manejo clínico da influenza – Nancy Bellei

11h30 – Impacto em saúde pública e econômico da vacina influenza quadrivalente no Brasil – Rafael Araújo

11h50 – Vacinas influenza: passado,presente e futuro – Rosana Richtmann

12h00 – Perguntas e respostas

12h30 – Almoço

COMENTÁRIOS