Entre “Na Onda da Prevenção” durante o Carnaval

Entre “Na Onda da Prevenção” durante o Carnaval

O Carnaval chegou! E com ele vem a preocupação com doenças sexualmente transmissíveis. Conforme levantamento do Centro de Referência e Treinamento DST/Aids SP (CRT-Aids), embora os casos de Aids estejam diminuindo, a detecção das novas infecções pelo HIV cresceu seis vezes, nos últimos dez anos, entre jovens gays em SP. Pensando nisso, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo desenvolve uma série de ações de conscientização e prevenção de DSTs.

A taxa anual de detecção de novas infecções, em 2015, foi de 17,2 por 100 mil habitantes, contra 9,1 em 2006, considerando ambos os sexos. O aumento é muito maior entre os homens (de 11,5 para 28,4) em comparação às mulheres (de 6,7 para 7,3). Nesse período, houve um aumento de 121% nas novas infecções pelo HIV entre homens fazem sexo com homens.

No período, houve um aumento de 121% de positividade para HIV entre homens que se relacionam com homens, e de 28% entre heterossexuais.

Atualmente, a maior taxa de detecção entre os homens ocorre entre jovens de 20 a 24 anos, com 79,4 casos por 100 mil habitantes, em 2015. Já o público feminino compreende, majoritariamente, a faixa de 30 a 39 anos, com taxa de 13,6 casos por 100 mil habitantes, no mesmo ano.

NaOnda

Saúde entra “Na Onda da Prevenção” durante o Carnaval

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, por meio do Centro de Referência DST/Aids (CRT-Aids) e uma parceria com a FecomercioSP, participa da folia de Carnaval por meio de uma série de ações que integram a campanha “Na Onda da Prevenção”. No período, serão distribuídas cerca de 150 mil camisinhas, além de abanadores com dicas de prevenção a doenças sexualmente transmissíveis.

Entre os dias 22 e 23 de fevereiro, “a onda da prevenção” seguiu para a estação Brás, onde foram entregues camisinhas, e foram ofertados 400 testes rápidos para detecção de HIV aos transeuntes do local.

Ainda no dia 22 de fevereiro, “o bloco da saúde” entrou em campo na Arena Corinthians, durante o jogo Corinthians X Palmeiras. Ao todo, 45 mil camisinhas foram distribuídas aos torcedores e vídeos de orientações exibidos nos telões antes e no intervalo da partida.

De quebra, Saúde e Corinthians realizaram sonho de um torcedor. Confira no vídeo:

Na sexta e sábado de Carnaval, dias 24 e 25 de fevereiro, o fechamento da campanha acontece no Sambódromo do Anhembi, durante o desfile das escolas de samba do grupo especial de São Paulo, onde também haverá distribuição de camisinhas e orientações sobre DSTs ao público presente.

> Saúde e Happn lançam campanha sobre a importância da camisinha no Carnaval

Happn

 

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, em parceria com o aplicativo de relacionamento Happn, lança nesta sexta-feira (24) uma campanha de conscientização sobre a importância do uso de camisinha e prevenção a DSTs.

Durante todo o período do Carnaval até a “Quarta-Feira de Cinzas” (01/03), ao acessar o app, foliões paulistas serão abordados por uma mensagem pop-up descontraída e animada de Carnaval ressaltando a necessidade do uso de preservativos: “Neste #Carnaval, não esqueça que a camisinha é o seu melhor #Crush. Se for para NÃO USAR preservativo, eu nem quero”.

Ao clicar na mensagem, o usuário será levado para a página da Secretaria de Estado da Saúde no Facebook. Lá, informações e vídeos sobre o vírus da Aids e demais DSTs estarão disponíveis para os usuários tirarem dúvidas e esclarecerem questões sobre o uso de preservativos.

“Convencer as pessoas a usarem camisinha passa nitidamente por mudar a forma de se comunicar com a sociedade. Parcerias como esta com o Happn permitem que intensifiquemos nossas ações de prevenção e atinjam diretamente os públicos prioritários”, detalha o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

Para Claire Certain, diretora global de comunicações do Happn, o aplicativo “tem grande preocupação com o respeito entre os usuários e sua segurança. Por isso, não hesitamos em nos engajar em uma campanha tão importante como essa da Secretaria de Saúde de São Paulo. Desejamos a todos um Carnaval alegre e seguro”, complementa a executiva.

O Happn é o app líder de encontros que permite aos usuários descobrirem as pessoas com quem seus caminhos cruzaram na vida real. Com 4,2 milhões de usuários, o Brasil é o principal mercado para o aplicativo e São Paulo, com 1,2 milhão, a cidade com mais Happners no mundo.

COMENTÁRIOS