Estações da CPTM participam da campanha de vacinação contra febre amarela até o fim do mês

Estações da CPTM participam da campanha de vacinação contra febre amarela até o fim do mês

Até o final deste mês, quem passar por algumas estações da CPTM poderá se vacinar contra a febre amarela. Vale lembrar que para participar é necessário apresentar documento de identificação e, se houver, caderneta de vacinação atualizada.
De segunda (25/2) a quinta-feira (28/2), das 11h às 16h, o evento acontece na estação Brás, que atende as linhas 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira, e Tatuapé, na Linha 12-Safira.
Na Linha 7-Rubi, na quarta-feira (27/2), as doses serão aplicadas nas estações Pirituba, das 9h às 16h, e Piqueri, das 10h às 15h30. Já na quinta-feira (28/2), a campanha desembarca na Estação Tamanduateí, na Linha 10-Tuquesa, das 11h às 16h.
As estações Corinthians-Itaquera, Dom Bosco, José Bonifácio e Guaianases, na Linha 11-Coral, e as estações São Miguel Paulista, Itaim Paulista, Jardim Helena-Vila Mara e Jardim Romano, na Linha 12-Safira, terão vacinação gratuita, das 16h às 20h30, na quinta-feira (28/2). Na Estação Comendador Ermelino, as doses serão distribuídas no mesmo dia, das 9h às 18h. É importante lembrar que na Estação Jardim Helena-Vila Mara, o evento acontece durante todo o mês, das 10h às 15h. E, especialmente, quinta-feira (28/2), as aplicações serão reforçadas das 16h às 20h30.
A febre amarela é uma doença infecciosa, sua transmissão ocorre por meio da picada do mosquito Aedes aegypti. Dentre os sintomas estão: início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas e no corpo, náuseas e vômito, fadiga e fraqueza. Nos casos mais graves, a pessoa pode desenvolver hemorragia e insuficiência de múltiplos órgãos.

“A vacina é extremamente importante e, se tomada com no mínimo de dez dias de antecedência da viagem, garante a proteção efetiva”, afirma a diretora de imunização da Secretaria de Estado da Saúde, Helena Sato.

Dentre os sintomas, estão: febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas e no corpo, náuseas e fraqueza. Já nos casos mais graves, a pessoa pode desenvolver complicações cardíacas, hepáticas e renais. Dessa forma, a vacinação é uma importante forma de prevenção.
É importante ressaltar que para participar é necessário apresentar documento de identificação e, se houver, caderneta de vacinação atualizada.
“Vamos trabalhar juntos em mais uma importante estratégia de combate à febre amarela. O cenário em SP requer medidas contínuas e integradas porque parte da população exposta ao risco ainda não foi imunizada. Por isso, temos trabalhado ininterruptamente no monitoramento epidemiológico e, em especial, na criação de ações efetivas para ampliar a vacinação e a proteção da população paulista”, afirma o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.
A ação é uma iniciativa da Prefeitura de São Paulo e conta com o apoio da CPTM, que abre espaços em suas estações para a realização de atividades ligadas a promoção da saúde e bem-estar dos usuários.
SERVIÇO
Campanha de Vacinação contra a Febre Amarela
Local: Estação Brás (linhas 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira)
Data: de segunda (25/2) a sexta-feira (28/2)
Horário: das 11h às 16h
Local: Estação Tatuapé (Linha 12-Safira)
Data: de segunda (25/2) a sexta-feira (28/2)
Horário: das 11h às 16h
Local: Estação Pirituba (Linha 7-Rubi)
Data: quarta-feira (27/2)
Horário: das 9h às 16h
Local: Estação Piqueri (Linha 7-Rubi)
Data: quarta-feira (27/2)
Horário: 10h às 15h30
Local: Estação Tamanduateí (Linha 10-Turquesa)
Data: quinta-feira (28/2)
Horário: das 11 às 16h
Locais: Estações Corinthians-Itaquera, Dom Bosco, José Bonifácio e Guainases (Linha 11-Coral)
Data: quinta-feira (28/2)
Horário: das 16h às 20h30
Locais: Estações São Miguel Paulista, Itaim Paulista, Jardim Helena-Vila Mara e Jardim Romano (Linha 12-Safira)
Data: quinta-feira (28/2)
Horário: das 16h às 20h30
Local: Estação Comendador Ermelino (Linha 12-Safira)
Data: quinta-feira (28/2)
Horário: das 9h às 18h
Grátis

COMENTÁRIOS