Governador entrega novo Hospital Regional de Sorocaba, referência em alta complexidade

Governador entrega novo Hospital Regional de Sorocaba, referência em alta complexidade

O governador Geraldo Alckmin entregou no último sábado (31) o novo Hospital Regional de Sorocaba. A Unidade irá oferecer atendimento de média e alta complexidade, com serviços como neurocirurgia, cirurgia cardiovascular adulto e infantil e ortopedia, além de apoio a emergências e trauma. O Hospital é o primeiro do Estado construído por meio do modelo de PPP (Parceria Público-Privada).

Inicialmente o hospital prestará atendimento ambulatorial aos pacientes nas especialidades de cirurgia geral, cirurgia plástica, ortopedia, urologia, anestesiologia, cardiologia clínica, fisioterapia e reabilitação. Somente neste ano, a unidade deverá realizar 1.000 internações clínicas, 3.000 internações cirúrgicas, 1.200 cirurgias ambulatoriais e 20 mil atendimentos médicos e multiprofissionais em nível ambulatorial e de urgência.

“A unidade contará com equipamentos de última geração, uma farmácia totalmente digitalizada para atendimento de alta e média complexidade nas especialidades mais difíceis, como cirurgia cardiovascular e ortopedia. Será uma referência para a região de Sorocaba, com toda certeza”, declarou o governador.

O hospital tem 27 mil m² de área construída e possui alto grau de resolutividade e grande capacidade de atenção às urgências. A previsão é de que, quando estiver funcionando em plena capacidade, o hospital realize por ano 12.000 internações, 6.000 cirurgias, 4.000 consultas e realizar 25 mil exames especializados. Como toda nova unidade de saúde, a implantação dos serviços é feita gradativamente, por etapas.

“O novo hospital é uma grande conquista para a região de Sorocaba. A unidade levará assistência especializada e de altíssimo nível para a população, fortalecendo o atendimento hospitalar aos usuários da rede pública”, diz o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

Com investimento de R$ 270 milhões, dos quais 40% provenientes da Construcap, empresa parceira, a nova unidade oferece 260 leitos, dos quais 144 de internação, 96 de UTI e 20 de cirurgia ambulatorial. Conta ainda com ambulatório de especialidades médicas, centro de reabilitação e fisioterapia, serviço de diagnósticos clínicos e por imagem e setor de urgência e emergência.

Do total investido, 60% foram provenientes do governo do Estado, por meio de empréstimo via BNDES, e 40% pelo parceiro privado. O Hospital Estadual de Sorocaba está localizado na Rodovia Raposo Tavares km 106. Ele funcionará 24h e suas unidades de emergência vão atender adultos e crianças.

Modelo PPP

O modelo de PPP prevê que a empresa parceira  explore os serviços administrativos do hospital, tais como limpeza, segurança e lavanderia, por exemplo. Já os serviços assistenciais, ou seja, tudo o que é ligado à assistência ao paciente, como consultas, cirurgias e tratamentos, ficará a cargo da SPDM (Associação Paulista para Desenvolvimento de Medicina), uma Organização Social de Saúde, sem fins lucrativos, por meio de contrato de gestão firmado com o governo do Estado.

O contrato entre a empresa privada ganhadora da licitação e o Estado terá duração de 20 anos, com previsão de aportes e incorporação de novas tecnologias durante esse período.

Rede Lucy Montoro em Sorocaba

Ainda no dia 31 de março, o governador Geraldo Alckmin entrega as obras da unidade da Rede Lucy Montoro em Sorocaba, nova unidade da rede especializada no atendimento a pessoas com deficiência física e mobilidade reduzida, além de fisioterapia, fisiatria e traumas. Foram investidos R$ 9,4 milhões em obras.

A unidade tem 2.185,55 mil m² de área construída e está localizada na Rua Cláudio Manoel da Costa, 564, na mesma área do Conjunto Hospitalar de Sorocaba. A Organização Social de Saúde responsável pelo gerenciamento é o Banco de Olhos de Sorocaba.

COMENTÁRIOS