Governador realiza visita técnica em hospital de Parelheiros

Governador realiza visita técnica em hospital de Parelheiros

 

O governador de São Paulo, João Doria, realizou nesta quarta-feira (2) uma visita ao Hospital Municipal de Parelheiros. A primeira agenda externa de governo teve a presença do prefeito da capital, Bruno Covas, que entrega as obras que possibilitam ativação em três etapas do hospital, localizado na zona Sul da capital.

A unidade já presta atendimento à população desde março de 2018, nas especialidades de ortopedia, ginecologia, obstetrícia, clínica médica, cirurgia geral e pediatria. Desde então, foram mais de 95 mil atendimentos.

“A nossa parceria com as prefeituras na área da saúde será intensificada a partir de agora. Esse é um hospital referência, 258 leitos, 20 de UTI, todos os equipamentos e infraestrutura seguem o padrão dos melhores hospitais privados de São Paulo. E agora ele vai sendo colocado em funcionamento de acordo com as suas especialidades. Nós vamos cooperar com investimentos para a gestão”, disse o governador João Doria.

“O Governo do Estado vai ajudar a administrar o hospital junto com a prefeitura. Vamos atuar em sintonia para resolvermos os problemas das principais questões que afligem o paulistano”, completou o prefeito Bruno Covas.

Sobre o hospital

A unidade, da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo, é gerenciada em parceria com a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) e teve o pronto-atendimento inaugurado em 29 de março de 2018. Até novembro último, realizou 84.451 atendimentos.

Deste total, 47,25% foram em clínica médica, 32,37% em pediatria e 14,68% em ortopedia. O hospital beneficia uma população estimada em 2,5 milhões de pessoas, mais diretamente os 160 mil moradores de Parelheiros.

Além de ser uma demanda antiga da população de Parelheiros, distante do centro da capital, a região possui a menor oferta de leitos públicos, com apenas 0,7 por mil habitantes.

Já o pronto-socorro conta com seis consultórios médicos para pacientes adultos e três para pediátricos, em seis especialidades: ortopedia, ginecologia, obstetrícia, clínica médica, cirurgia geral e pediatria. Ao todo, as salas de observação contam com 34 leitos, sendo 30 adultos e quatro pediátricos.

Também no pronto-socorro há uma sala de urgência/emergência com quatro leitos e sala de cuidados críticos e semicríticos com dez leitos. Para a realização de exames diagnósticos, há um equipamento móvel de raio-X, equipamentos de laboratório que fazem exames de urgência e emergência, aparelhos de eletrocardiograma e de ultrassonografia.

Para casos de emergência, estarão disponíveis ambulância, desfibrilador com monitor e marca-passo, ventilador pulmonar, monitor cardíaco e bomba de infusão e um total de 29 leitos (entre adultos e pediátricos), além de serviços de inalação, medicação e de sutura. O pronto-atendimento infantil contará, ainda, com brinquedoteca e fraldário.

COMENTÁRIOS