Governo de SP cria centro de tratamento do coronavírus no Hospital das Clínicas

Governo de SP cria centro de tratamento do coronavírus no Hospital das Clínicas

Maior complexo hospitalar da América Latina terá prédio com 900 leitos, sendo 200 de UTI, para atendimento exclusivo da COVID-19

João Doria, governador de São Paulo, em coletiva de imprensa desta segunda-feira (23), comunicou o centro de tratamento do coronavírus no Hospital das Clínicas, com início para sexta-feira (27).

“O maior complexo hospitalar da América Latina abre 900 leitos para tratar pacientes de coronavírus a partir de sexta-feira. Já temos 200 leitos em UTI prontos e mais 700 leitos estarão disponíveis até o dia 10 de abril”, afirmou o Governador. “Temos 2,3 mil leitos de UTI exclusivamente para pessoas em tratamento do coronavírus no Estado”, acrescentou Doria.

Pacientes de outras especialidades médicas serão transferidos para outros sete institutos do complexo na capital. Se houver necessidade, o Instituto Central, que passa a contar só com pacientes da Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus), poderá ser ampliado com outros cem leitos de UTI.

“O que o Hospital das Clínicas vai fazer é dedicar um prédio exclusivamente para o enfrentamento desta crise. É o Instituto que tem 40% dos leitos de todo o complexo”, explicou o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

“Temos a disponibilidade de mais esses 900 leitos de forma imediata. Dentro desses, 200 são de terapia intensiva e assim podemos escalonar esse atendimento”, acrescentou o Secretário da Saúde.

COMENTÁRIOS