Governo de SP lança “Hora Marcada”, aplicativo para agendamento de consultas e exames pelo celular

Governo de SP lança “Hora Marcada”, aplicativo para agendamento de consultas e exames pelo celular

App da Secretaria de Estado da Saúde, desenvolvido pela Prodesp, permite que pacientes acompanhem e agendem consultas e exames junto aos serviços médicos do SUS; ferramenta já está implantada em Ribeirão Preto

A Secretaria de Estado da Saúde lança nesta terça-feira (16) o “Hora Marcada”, um aplicativo que visa otimizar o acesso e o conforto dos usuários do SUS, funcionando como uma “agenda digital de saúde”. O app foi desenvolvido pela Prodesp, empresa de informática do Governo do Estado.

O primeiro município a receber o aplicativo é Ribeirão Preto e já está disponível para os pacientes de dez Unidades Básicas de Saúde (UBS) (confira abaixo a relação de serviços). A implantação será expandida gradativamente no município e, na sequência, para outros locais do Estado.

O piloto começou na UBS José Sampaio – Dr. Rubens Nicoletti Filho, em 17 junho, e em menos de um mês foi ampliado para outras nove UBS, sendo a mais recente a UBS Vila Mariana, onde o app passou a ser disponibilizado na segunda-feira, 15 de julho.

No “Hora Marcada” o paciente pode visualizar as datas e horários dos seus agendamentos de consultas e exames, bem como cancelar e reagendar, caso não possa comparecer na data ou horário oferecido. É possível solicitar agenda de clínico geral, ginecologista, pediatra e odontologista da Unidade Básica de Saúde de referência do munícipe. Para agendamento de especialidades e exames é necessário o encaminhamento médico da UBS.

Desde meados de junho, 1.161 ribeirão-pretanos vinculados às UBSs participantes já se cadastraram no aplicativo, que já conta com mais de 3,7 mil acessos. Até o momento, foram cerca de 500 agendamentos, 170 cancelamentos e mais de 70 reagendamentos.

O aplicativo também pode ser utilizado por mais de uma pessoa, ou seja, crianças e idosos podem ser cadastrados por seus cuidadores, mediante comprovação de responsabilidade e apresentação do cartão SUS em uma UBS de vínculo.

“Esse projeto representa um passo importante para a saúde pública do Estado, pois os pacientes terão, em suas próprias mãos, a opção de escolher datas e horários de consultas sem a necessidade de comparecer na unidade”,  afirma José Henrique Germann Ferreira, Secretário de Estado da Saúde de São Paulo.

Para ter acesso ao “Hora Marcada”, o paciente deverá baixar o aplicativo, disponível gratuitamente na Google Store e, em breve, na Apple Store. Após a instalação, é preciso preencher informações básicas como número do cartão SUS e CPF. O “passo a passo” do uso pode ser consultado em http://horamarcada.saude.sp.gov.br/, onde há um vídeo tutorial e uma relação de Perguntas Frequentes para orientar a população.

 

Inovação Digital

O Hora Marcada é o segundo lançamento da Coordenadoria de Inovação Digital, criada neste ano na Secretaria para impulsionar a aplicação de novas tecnologias no SUS. O primeiro foi o programa  “Multissaúde”, serviço remoto da especialidade de dermatologia que contribui para reduzir o tempo de diagnóstico e de início de tratamento, com apoio de médicos de hospitais renomados. Com um app, os profissionais de saúde coletam imagens de alterações na pele de cada paciente, bem como aspectos clínicos, e enviam o conteúdo com toda segurança para teledermatologistas do Hospital Israelita Albert Einstein, parceiro gratuito nesta etapa do programa. A partir da troca de informações, esses especialistas emitem laudos à distância e sugestões terapêuticas, garantindo agilidade e eficiência. O paciente pode ter seu atendimento concluído na própria UBS, receber o encaminhamento para avaliação presencial com um dermatologista em serviço de referência da região ou, ainda, para a realização de biópsia nos casos que indicarem suspeita de câncer.

O piloto está implantado em 19 municípios da região de Catanduva. No total, essas cidades somavam uma demanda reprimida de 1,6 mil pacientes. Destes, até dia 11 de julho, 445 já haviam sido atendidos, gerando 882 laudos, que resultaram num encaminhamento de 244 lesões para consultas presenciais em serviços de referência em Dermatologia e 132 para realização de biópsia. Dentre as 15 biópsias concluídas, foram identificados 5 melanomas, permitindo um tratamento mais rápido, o que aumenta em muito as chances de remissão (ou seja, estágio em que não se nota mais nenhum tipo de atividade ou de avanço do câncer). A ampliação para outros municípios será gradual, com mais seis municípios na região de Santa Fé do Sul iniciando o serviço até o final de julho.

 

  • Relação das UBSs com o “Hora Marcada”:

 

UBS Rubens Lisandro Nicoletti Filho – José Sampaio
Rua Elydio Vieira de Souza, 50

UBS Prof. Jacob Renato Woiski – João Rossi
Avenida Independência, 4.315

UBS Wilma Delphina de O. Garotti – Vila Tibério
Rua 21 de Abril, 779

UBS “Carlos Chagas” – Vila Abranches
Rua Maria Abranches de Faria, 550

UBS Dr. José Carlos Say – Jardim Maria das Graças
Rua Cruz e Souza, 3170

UBS José Ribeiro Ferreira – São José
Rua Madre Maria Teodora Voiron, 110

UBS Dr. Luiz Philipe Tinoco Cabral – Adão do Carmo Leonel
Rua Antônio Vicco, 201

UBS Adalberto Teixeira Andrade – Vila Recreio
Rua Tabatinga, 320

UBS Dr. João Paulo Bin – Ipiranga
Avenida Dom Pedro I, 1359

UBS Vila Mariana
Rua Ribeirão Preto, 1070

COMENTÁRIOS