Governo de SP mobiliza Prefeituras em mais de 800 ações extramuros de prevenção a HIV e sífilis

Governo de SP mobiliza Prefeituras em mais de 800 ações extramuros de prevenção a HIV e sífilis

A Secretaria de Estado da Saúde está mobilizando, com apoio das Prefeituras de SP, mais de 800 ações extramuros focadas na prevenção ao HIV e à sífilis. A medida faz parte da 12ª edição da campanha Fique Sabendo, que incentiva o diagnóstico e tratamento oportuno das doenças.

Toda a programação foi organizada por meio do Programa Estadual IST/Aids-SP, que neste ano conseguiu um recorde: 99,2% dos municípios do Estado aderiram à campanha, que acontece tanto nos serviços fixos do SUS, como fora dos postos.

As ações extramuros ocorrerão em 229 cidades e podem ser consultadas aqui. O planejamento de cada município foi feito conforme a necessidade local, e pode abranger testagens de HIV e sífilis, distribuição de preservativos, atividades focadas na conscientização, entre outros.

“O acesso à testagem e o diagnóstico precoce contribuem para o tratamento em tempo adequado e para a qualidade de vida das pessoas com HIV/Aids”, destaca o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

Segundo o coordenador do Programa Estadual IST/Aids-SP, Alexandre Gonçalves, a pessoa que tem o vírus e não sabe pode transmitir involuntariamente, por isso, é fundamental que todos com vida sexual ativa façam o teste. “Apesar da queda da mortalidade entre pessoas que vivem com HIV/Aids ao longo da epidemia, seis pessoas ainda morrem diariamente em SP pela doença”, afirma.

Disponível durante o ano todo nos serviços de saúde, o teste rápido por fluído oral é gratuito, sigiloso e confiável. O resultado sai em aproximadamente 30 minutos, com privacidade e sigilo do paciente garantidos. Eventuais diagnósticos positivos serão direcionados para serviços de referência da rede pública de saúde para que o paciente possa dar início ao tratamento. Informações sobre locais para fazer o teste podem ser obtidas por meio do Disque DST/AIDS: 0800 16 25 50.

Adesão recorde

Neste ano, 640 municípios de SP aderiram à Fique Sabendo, ajudando a ampliar o alcance das testagens de HIV e sífilis. “A adesão foi crescendo ao longo de 12 anos e agora chegou a 99,2% dos municípios. Este resultado é fruto do compromisso do estado de São Paulo na luta contra a Aids e na busca da ampliação do diagnóstico precoce de HIV e sífilis”, complementa o coordenador do Programa Estadual IST/Aids.

Em 2019, a campanha foca na importância do diagnóstico precoce destes dois agravos, principalmente entre jovens. A campanha anual é uma importante ação de intensificação da testagem junto às populações mais expostas às doenças.

O período oficial da campanha será de 1 a 7 de dezembro; no entanto, cada município poderá avaliar seu contexto local e estender as ações pelo tempo que considerar adequado. Desde 2017, o mês de dezembro é dedicado a atividades de enfrentamento do HIV/Aids e outras IST.

COMENTÁRIOS