HC incentiva campanha de doação de órgãos e promove mobilização no dia 27

HC incentiva campanha de doação de órgãos e promove mobilização no dia 27

No dia 27 de setembro, data que se celebra o Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos, o Hospital das Clínicas da FMUSP promoverá uma campanha para conscientizar e incentivar a população sobre a importância da doação de órgãos para salvar vidas.

No Brasil, o índice de recusa familiar na hora de doar os órgãos dos pacientes já falecidos chega a 43%, segundo dados do Registro Brasileiro de Transplantes (RBT), de 2018. Em São Paulo, o percentual é de 36%.

Para ajudar a mudar este cenário e aumentar o número de doadores, médicos, residentes, enfermeiros e pacientes transplantados e em fila de transplantes irão esclarecer dúvidas da população e distribuir folders educativos para maior disseminação da informação. Integrantes da Organização de Procura de Órgãos e Tecidos (OPO) também participarão das atividades.

A mobilização acontecerá em frente ao Prédio dos Ambulatórios, do Instituto Central do Hospital das Clínicas, por onde circulam mais de 10 mil pessoas, a partir das 10h (Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 255). Na estação Clínicas do Metrô também haverá orientação.

A organização é da Divisão de Transplantes de Fígado e Órgãos do Aparelho Digestivo e da Divisão de Gastroenterologia e Hepatologia Clínica. A coordenação é da Dra. Débora Terrabuio, Hepatologista Clínica do Grupo de Transplante de Fígado. Segundo a médica, as doenças que acometem o fígado são silenciosas. A maioria dos pacientes descobre a doença em estágio avançado, o que diminui as chances de cura e aumenta a necessidade de um transplante. Em São Paulo, o tempo médio de espera para transplante hepático é de 8 a 10 meses, a depender da gravidade do paciente. Em muitos casos, pacientes morrem à espera do órgão, explicou a médica.

O Instituto Central do Hospital das Clínicas da FMUSP realiza transplantes de fígado, medula, rim, pâncreas, pele e córnea. Em 2018, foram realizados 536 transplantes. De janeira a agosto de 2019, o instituto realizou mais 381.

Para ser doador não é necessário deixar documento por escrito. Basta autorização dos familiares, após o diagnóstico de morte encefálica.

 

SERVIÇO

Data: 27/09/2019

Local: Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 255, Cerqueira César, São Paulo/SP

Horário: 10h às 15h

COMENTÁRIOS