HC sedia curso da Fifa que usa futebol para cuidar da saúde de crianças

HC sedia curso da Fifa que usa futebol para cuidar da saúde de crianças

Instituto de Ortopedia do complexo recebe professores da rede pública para programa “11 pela Saúde”, que contará com mensagens de craques como Messi e Neymar

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, ligado à Secretaria de Estado da Saúde, maior complexo hospitalar da América Latina, sedia de 10 a 14 de fevereiro o “Cascade Course” da Fifa, um curso de treinamento para professores  da rede pública que irão aplicar o programa “11 pela Saúde” para crianças de 10 a 12 anos.

O principal objetivo é estimular a prática de atividade física regular e levar mensagens sobre a prevenção de doenças e vida mais saudável.  O curso para as crianças será dado em escolas da rede pública em 11 sessões de 90 minutos divididos em dois tempos, como em uma partida de futebol.

No primeiro tempo de cada dia, será dada a parte teórica, que ligará sempre um aspecto do futebol com outro de saúde. O drible, por exemplo, servirá para passar a ideia de que as crianças devem “driblar as drogas”. Craques do futebol mundial, como Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo gravaram mensagens para o programa, que serão mostradas para as crianças.

No segundo tempo de cada dia, será realizada uma partida de futebol com as crianças que participam do programa. Foram escolhidas 11 escolas da rede pública de São Paulo, cidade-sede da Copa. As outras cidades-sede também receberão o programa. “O esporte serve como um estímulo para que as crianças aprendam e repassem para os adultos informações de saúde. Além de jogarem, recebem mensagens de prevenção”, diz o chefe da medicina esportiva André Pedrinelli.

O curso para os professores, composto por parte teórica e prática, será dado na Atlética do Hospital das Clínicas para 66 professores de São Paulo, Rio e Porto Alegre. Eles também participarão de atividades práticas e teóricas, sempre associadas ao futebol. Em São Paulo, o Programa 11 pela  Saúde será coordenado pela medicina esportiva do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do HC-FMUSP.

 

Abertura:

Programa FIFA “11 pela Saúde”

10 de fevereiro, às 8h30

Instituto de Ortopedia e Traumatologia do HCFMUSP

Auditório G – sétimo andar

Rua Dr. Ovídio Pires de Campos, 333

COMENTÁRIOS