Hospitais de SP oferecem cuidados a pacientes com câncer de mama

Hospitais de SP oferecem cuidados a pacientes com câncer de mama

Pacientes com câncer de mama passam por muitos processos dolorosos e, por muitas vezes, traumáticos durante a recuperação da doença. Após procedimentos cirúrgicos, quimioterapia, ainda há uma etapa importantíssima para essas mulheres: a autoestima.

Não reconhecer o próprio corpo no simples ato que é se olhar no espelho pode ser bem difícil para essas pacientes. Por isso, alguns hospitais do Estado de São Paulo mantém ações para cuidar dessa etapa tão importante para a construção da mulher após o câncer de mama.

Dermopigmentação

O Hospital Estadual Pérola Byington, referência em saúde da mulher, em parceria com o Instituto Vencer o Câncer, mantém iniciativa que visa reconstruir a aparência de aréolas mamárias de forma gratuita as pacientes que passaram por cirurgias de remoção e reconstrução da mama por meio de dermopigmentação, uma espécie de tatuagem.

“O Projeto Colorir ajuda mulheres acometidas pelo câncer de mama, que já realizaram a mastectomia, a recuperarem sua confiança e a autoestima após esse momento difícil em suas vidas”, explica o diretor do Pérola Byington, Luiz Gebrim.

A dermopigmentação paramédica cria uma nova aréola nos seios das pacientes, além de recobrir as cicatrizes indesejáveis deixadas pelas cirurgias. As pacientes passam por avaliação médica e cada caso é analisado individualmente para evitar riscos indesejáveis à saúde da mulher.

“Para muitas pacientes, é muito delicado se apresentar para o parceiro sem o desenho que configura a mama”, explica a coordenadora de psicologia do Hospital Pérola Byington, Eliane Machado Tostes. “É um momento de retomada. Depois da cirurgia de reconstrução da mama, a pigmentação serve para a mulher poder olhar para si e se reconhecer como era antes”.

Doação de cabelos

O Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo) e o Hospital Pérola Byington, unidades ligadas a Secretaria de Estado da Saúde na Capital paulista, recebem de segunda a sexta-feira doações de cabelo que serão transformados em perucas para mulheres vítimas de câncer.

O projeto tem como objetivo ajudar mulheres que em decorrência do tratamento quimioterápico acabam perdendo os cabelos. Ao se verem carecas, algumas delas perdem a autoestima que pode ser recuperada através da utilização de perucas.

Em ambos os hospitais, são aceitos todos os tipos de cabelos que podem ser entregues pessoalmente ou via Correios (endereços abaixo). É importante avisar seu cabeleireiro na hora do corte que é para doação para um melhor aproveitamento do cabelo que deve ter, no mínimo, 20 cm de comprimento medido a partir do elástico.

Depois de confeccionadas as perucas são distribuídas gratuitamente as pacientes. Além dos cabelos, também são aceitas doações de perucas sintéticas e lenços, todos utilizados para devolver a alegria de muitas mulheres que estão na luta contra o câncer.

Todas as pacientes do Hospital que passam por tratamento de quimioterapia podem se inscrever pra receber a doação de uma peruca. “Além disso, as próprias pacientes têm procurado para doar o cabelo antes dele começar a cair, assim, ajudam outras  mulheres na mesma situação antes de serem ajudadas, é uma superação incrível” complementa Carmelina Amadei, coordenadora do Núcleo de Humanização do Pérola Byington.

 

 

COMENTÁRIOS