Hospital das Clínicas alerta para prevenção da pressão alta

Hospital das Clínicas alerta para prevenção da pressão alta

 

Com o objetivo de conscientizar a população sobre os cuidados básicos para prevenir a pressão alta, no próximo dia 26 é celebrado o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, condição clínica caracterizada pela elevação dos níveis pressóricos – quando os valores das pressões máxima e mínima são iguais ou ultrapassam os 140/90 mmHG (14 por 9).

Apesar de não ter cura, é importante manter um estilo de vida saudável, a fim de controlar a pressão alta e evitar o surgimento de problemas cardiovasculares, quadros de infarto e derrame. Isso porque, de acordo com a nutricionista da Divisão de Nutrição e Dietética do Instituto Central do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Joyce Gouveia, o aumento de peso está diretamente relacionado ao aumento da pressão arterial.

“Além deste fator, a ingestão excessiva de sódio e álcool também contribui para o desenvolvimento da doença. Ou seja, a manutenção da alimentação saudável colabora para a manutenção do peso adequado e prevenção da hipertensão”, explica a nutricionista.

Segundo ela, alimentos que favorecem o surgimento da doença são, normalmente, enlatados, alimentos em conserva, molhos industrializados, carnes processadas e produtos instantâneos. Ainda segundo a profissional, o ideal é que as refeições sejam preparadas, preferencialmente, com produtos in natura, obtidos diretamente de plantas ou animais, ao invés de produtos ultra processados.

“No geral, enfatiza-se o consumo de frutas, hortaliças, laticínios com baixo teor de gordura, cereais integrais, feijões, castanhas e nozes, azeite, carnes magras e peixes”, conclui Joyce. Estes alimentos são importantes para a prevenção e tratamento da doença, já que são ricos em fibras, potássio, cálcio, magnésio, gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas.

COMENTÁRIOS