Hospital de Base passa a funcionar com 16 novos leitos nesta segunda-feira (2)

Hospital de Base passa a funcionar com 16 novos leitos nesta segunda-feira (2)

Nesta segunda-feira (2), serão iniciados os atendimentos nos 16 novos leitos implantados no Hospital de Base de Bauru, permitindo um aumento de 10% na capacidade instalada no serviço e, consequentemente, assistência ofertada à população da região de Bauru.

O investimento de cerca de R$400 mil para a reforma do setor foi anunciado em maio, durante visita do vice-governador, Rodrigo Garcia, e do secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

Os 16 leitos foram implantados em oito quartos, após obras de adaptação do primeiro andar. As partes hidráulicas, elétricas e civil foram reformadas nos 250 m² da enfermaria.

O hospital possui perfil assistencial voltado ao atendimento de Urgência e Emergência e cirurgias eletivas, além de internações clínicas para público adulto. Atende as microrregiões de Bauru, Jaú e Lins.

Oferece 18 especialidades médicas, além de equipe multidisciplinar para assistência direta ao paciente, com mais de 1.200 colaboradores. Desde 2013, o hospital também é campo de ensino para centenas de estagiários de graduação, pós-graduação e residência médica de cursos de saúde.

“Os leitos são um reforço importante na assistência e vão contribuir para uma melhor resolutividade da rede. As obras aconteceram em tempo recorde e, com isso, conseguimos entregar antes do prazo previsto”, detalha o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

Investimentos na região

O Governo do Estado de São Paulo implementou também o programa “Melhor pra sua Saúde”, para modernização e ampliação de hospitais e unidades estaduais de saúde, englobando reformas, revitalizações e renovação do parque tecnológico até 2020.

Na região de Bauru, o investimento será de R$ 23,7 milhões. Desse total, R$ 21,9 milhões se destinam à reforma geral do Hospital Manoel de Abreu, localizado em Bauru. O valor complementar será aplicado em obras no AME e Lucy Montoro de Botucatu e CAIS (Centro de Atenção Integral à Saúde) Clemente Ferreira, em Lins. Além disso, pelo programa, mais R$3,9 milhões serão investidos na compra de uma nova ressonância magnética para o Hospital Estadual de Bauru.

COMENTÁRIOS