Hospital do Mandaqui ganha 5 praças móveis para acolher pacientes e familiares

Hospital do Mandaqui ganha 5 praças móveis para acolher pacientes e familiares

Ambientes projetados por alunos de Arquitetura e Urbanismo contam com um mini jardim, bancos e cadeiras de madeira

 

O Conjunto Hospitalar do Mandaqui, unidade da Secretaria de Estado da Saúde referência em atendimentos complexos na zona norte de São Paulo, ganha nesta sexta-feira, 19 de junho,, espaços destinados ao acolhimento e humanização de pacientes, acompanhantes e funcionários da unidade.

As praças, construídas por alunos do terceiro semestre do curso de Arquitetura e Urbanismo da Uninove, são compostas por quatro peças que se encaixam e formam diferentes tipos de ambientes.

Para Magali Vicente Proença, diretora do hospital, “este será um importante espaço de convivência não só para os pacientes e visitantes do Mandaqui, como para os nossos mais de quatro mil funcionários”.

Uma das praças móveis será instalada em frente à emergência, que realiza 11 mil atendimentos por mês, e outra em frente ao pronto-socorro infantil, que faz seis mil atendimentos mensais. As outras duas ficarão localizadas em frente ao anfiteatro da unidade, enquanto uma última será instalada no refeitório.

Na construção, foram utilizadas madeiras de reflorestamento de baixo custo, que causam pouco impacto ambiental.

“As unidades de saúde, além de tratar de doenças, precisam ser acolhedoras. Esta ação será fundamental para humanizar ainda mais o atendimento no Hospital do Mandaqui”, diz David Uip, secretário de Estado da Saúde.

COMENTÁRIOS