Hospital Regional de Sorocaba completa um ano com cerca de 100 mil atendimentos

Hospital Regional de Sorocaba completa um ano com cerca de 100 mil atendimentos

 

O Hospital Regional de Sorocaba (HRS) “Dr. Adib Domingos Jatene” celebra seu primeiro aniversário nesta semana, com muitos motivos para comemorar. A unidade, inaugurada pelo Governo do Estado de São Paulo no início de abril  de 2018, já atingiu marcas expressivas, como aproximadamente 95 mil atendimentos e 5.700 cirurgias.

Desde que entrou em pleno funcionamento, no último mês de janeiro, o HRS tem realizado cerca de 14 mil atendimentos e 850 procedimentos cirúrgicos mensalmente.

O complexo é voltado ao atendimento de média e alta complexidade para um total de 63 municípios, principalmente nas especialidades de traumatologia e ortopedia, cardiologia, medicina diagnóstica, cirurgia pediátrica, urologia e reabilitação. Entre as maiores demandas da unidade estão os atendimentos ambulatoriais, que correspondem a 57% do total de atendimentos, seguidos pelo Serviço de Apoio Diagnóstico Terapêutico (SADT), com 31%.

Outro índice que chama a atenção é o de aprovação dos usuários. O número chega a 98%, refletindo o atendimento de excelência prestado na unidade. “Estes números são resultado da qualidade da assistência prestada por nossa equipe multiprofissional, que busca oferecer o melhor atendimento humanizado a nossos pacientes”, afirma o diretor-técnico do hospital, Carlos Garcia.

Saiba mais sobre o HRS

Resultado de um modelo inédito de Parceria Público-Privada (PPP), o hospital oferece atendimento à população da região do DRS de Sorocaba (48 municípios), além de 15 cidades das regiões de Saúde de Mananciais e Rota dos Bandeirantes, totalizando uma população de mais de 5.400.000 habitantes, por meio da Central de Regulação de Serviços de Saúde do Estado de São Paulo. Os serviços assistenciais da unidade são gerenciados em parceria com a SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina.

A unidade oferece 240 leitos, contando com um moderno centro cirúrgico, unidades de terapia intensiva adulto, neonatal e pediátrica, ambulatório de especialidades médicas, centro de reabilitação e fisioterapia, serviços de hemodiálise e também de diagnósticos (clínico e imagem), além de um setor de urgência/emergência.

COMENTÁRIOS