Icesp premia personalidades que se destacaram na luta contra o câncer

Icesp premia personalidades que se destacaram na luta contra o câncer

Pesquisa sobre tumores de rim em crianças e estudo de produção de anticorpos para frear a multiplicação de células tumorais receberam premiação

O Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), unidade ligada à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP, promoveu na noite desta quarta-feira, 5 de agosto, a entrega do Prêmio“Octavio Frias de Oliveira”. O evento, em sua sexta edição, tem como objetivo incentivar e premiar a produção de conhecimento nacional voltado à prevenção e combate ao câncer.

O prêmio foi concedido em três diferentes categorias: Personalidade de Destaque, Pesquisa em Oncologia e Inovação Tecnológica em Oncologia. Os vencedores foram escolhidos entre mais de 60 trabalhos por uma comissão julgadora do Icesp e do jornal Folha de S. Paulo e por membros da sociedade comprometidos com o tema.

Na primeira categoria, o ganhador foi o professor Marco Antônio Zago, reitor da Universidade de São Paulo, pela trajetória de fundamental importância para o desenvolvimento da ciência nacional na prevenção e combate ao câncer. Zago tem experiência na área de Hematologia e, atualmente, desenvolve pesquisas focadas em bases moleculares das neoplasias e células-tronco adultas.

Na segunda categoria, Pesquisa em Oncologia, pesquisadores do A. C. Camargo Center foram destaque por seu estudo sobre mutação frequente em tumores de rim em crianças. A identificação dessa mutação abre perspectivas de desenvolvimento de medicamentos mais eficazes e com menos efeitos colaterais que os atuais.

Na terceira e última categoria, Inovação Tecnológica em Oncologia, um grupo de pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), comprovou a ação de um anticorpo monoclonal para câncer de mama com potencial para induzir um mecanismo capaz de frear a multiplicação das células tumorais.

Os vencedores recebem uma premiação em dinheiro, no valor de R$ 16 mil cada, além de um certificado.

“Premiar profissionais que estão constantemente focados na área oncológica, exaltando suas pesquisas e avanços, é uma honra para o Instituto”, afirma o diretor geral do Icesp, Paulo Hoff.

COMENTÁRIOS