Instituto Butantan é opção de lazer e cultura para a família

Instituto Butantan é opção de lazer e cultura para a família

Adultos e crianças que procuram momentos de diversão e conhecimento podem encontrar diversas atrações no Instituto Butantan (IB), fundação vinculada à Secretaria de Estado da Saúde e localizado na zona sul da capital paulista.

Com 80 hectares de área verde, o Instituto comporta um macacário, um parque e quatro museus: Biológico, Microbiologia, Histórico e Museu de Rua. São várias iniciativas para o público infanto-juvenil. Além disso, o local possui o famoso serpentário, onde é possível encontrar cobras até no topo de árvores.

Atividades

Mãe do Guilherme e da Nathália, a analista contábil Renata Palleza avalia que o Museu Biológico é o local preferido dos filhos. “Nós visitamos o Instituto Butantan semestralmente. Eles adoram cobras, serpentes, aranhas e tudo que chama atenção de criança”, ressalta ela.

O instituto também oferece uma biblioteca, reinaugurada em 2015, com acervo, salas de estudo em grupo e individual equipadas com computadores, projetores e rede wi-fi. “Todas as tardes, venho para fazer minhas tarefas diárias. Gosto de andar pelas áreas verdes e ler meus livros próximo das árvores. Às vezes, nem tenho sensação de que estou em São Paulo”, revela a estudante Mariana Fernandes da Rocha.

Já o Museu de Rua fica instalado na principal alameda da unidade e exibe 42 painéis com textos e imagens sobre as principais atividades e produções da entidade. “A ideia era ter um espaço acessível para todos, que não tivesse distinção de escolaridade e idade. Quem quisesse saber mais sobre o instituto, bastava olhar o Museu de Rua”, explica a coordenadora do Museu Histórico do Butantan, Larissa Foronda.

Pesquisas

Na área de pesquisas biomédicas, a instituição produz 100 milhões de vacinas por ano e é responsável por mais de 50% das doses e soros produzidos no país. As imunizações contra hepatite A e a tríplice acelular (dTPa), por exemplo, foram produzidas pela primeira vez no Brasil pelo Instituto Butantan.

Com a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o espaço será um dos quatros produtores mundiais da vacina contra hepatite A e um dos três produtores da vacina contra difteria, tétano e coqueluche.

“O novo laboratório reafirma a missão do Butantan com as pesquisas, inovação, produção e desenvolvimento de produtos, contribuindo com a saúde pública nacional”, enfatiza o professor Dimas Tadeu Covas, diretor do Instituto Butantan.

O parque fica aberto todos os dias, das 7h às 18h, e os museus funcionam de terça-feira a domingo, das 9h às 16h45.

COMENTÁRIOS