Instituto Butantan: visitas guiadas e gratuitas à área de mata preservada

Instituto Butantan: visitas guiadas e gratuitas à área de mata preservada

Atividade "Trilha na Floresta" acontecerá todo 1º sábado do mês e pode ser realizada por pessoas de qualquer idade, com condições físicas para caminhar por cerca de 2 quilômetros

Com 80 hectares de Mata Atlântica na Zona Oeste da capital paulista, o Instituto Butantan, órgão da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, passará a oferecer visitas guiadas a essa área todo primeiro sábado do mês. Na atividade gratuita “Trilha da Floresta”, educadores especializados da instituição conduzirão os passeios em grupo e ajudarão o público a observar e entender um pouco sobre as plantas, árvores, aves, mamíferos e insetos que vivem ou visitam o local.

A atividade possui duas trilhas com cerca de 2 quilômetros de mata preservada, onde é possível se deparar com exemplares de árvores como a Pau-Viola (que tem frutos atrativos para os tucanos e outras aves), a Embiruçu (que é típica da Mata Atlântica e cuja polinização é feita essencialmente por morcegos e mariposas) e a Pau-Jacaré (cujo tronco lembra as costas de um jacaré). Nos percursos, os visitantes podem ver borboletas e mais de 20 espécies de aves, além de outros animais. Outro atrativo são as Pancs (Plantas Comestíveis Não Convencionais) como a malvavisco e a pariparoba.

A ação sempre terá um tema ligado a datas comemorativas relacionadas ao meio ambiente. A primeira, que acontece neste sábado (7), terá como mote o Dia do Cerrado, que é comemorado no próximo dia 11 de setembro.

As caminhadas nas trilhas começaram há quatro anos, com foco na observação de aves, passando por borboletas, fungos e Pancs. A ideia é promover o contato das pessoas com a natureza, valorizando e incentivando a preservação do meio ambiente. “Essa trilha é diferente de outras que conhecemos porque os pesquisadores do Butantan estudam as plantas, as aves, os morcegos, os mamíferos, os frutos e, por isso, temos condições de falar, com conhecimento, sobre o assunto”, afirma a pesquisadora do instituto Erika Hingst-Zaher, que faz parte da equipe organizadora da atividade.

Hoje, segundo ela, a mata do Butantan e do vizinho campus da USP (Universidade de São Paulo) forma a segunda maior área verde da cidade de São Paulo, atrás apenas do Parque do Estado, o que a torna extremamente relevante do ponto de vista da biodiversidade.

Primeira edição regular

A primeira edição regular da atividade acontece neste sábado (7), das 9h às 11h, tendo como ponto de encontro o acesso à Casa Afrânio do Amaral (dentro do Butantan). Para participar, é recomendável o uso de calça comprida, calçado fechado e confortável, filtro solar e repelente, além de uma garrafa de água. A atividade é gratuita e pode ser realizada por pessoas de todas as idades que tenham condições físicas para caminhar por cerca de 2 quilômetros. Não é necessário fazer inscrição.

Serviço:

Trilha da Floresta

Quando: todo primeiro sábado do mês, das 9h às 11h
(com início amanhã, 07 de setembro)

Onde: Instituto Butantan – Ponto de encontro: acesso à Casa Afrânio do Amaral

Endereço: Avenida Vital Brasil, 1500 – Butantã – São Paulo/SP

Atividade gratuita

COMENTÁRIOS