Lúpus não tem cura, mas pode ser tratado

Lúpus não tem cura, mas pode ser tratado

O lúpus afeta o sistema imunológico do doente, que passa a produzir anticorpos que atacam e provocam inflamação de células e tecidos saudáveis do corpo. A doença está ligada a uma predisposição genética, e os primeiros sintomas podem aparecer em qualquer faixa etária.

Em geral, muitas pessoas conhecem o lúpus, mas poucas pessoas sabem, de fato, informações sobre a doença. Segundo o médico reumatologista do Hospital das Clínicas da FMUSP, Eduardo Borba, as mulheres possuem maiores predisposições genéticas a terem lúpus. Na faixa etária entre 20 a 50 anos, existem aproximadamente 10 mulheres acometidas para 1 homem. A explicação pode estar no estrogênio, hormônio feminino, que funciona como um fator desencadeante.

Os sintomas do lúpus podem surgir de repente ou se desenvolver lentamente. Eles também podem ser moderados ou graves, temporários ou permanentes e variam de acordo com as partes do seu corpo que forem afetadas pela doença.

Pele, rins e o sistema nervoso central são as partes mais afetadas pelo lúpus. A alta exposição aos raios ultravioletas torna o indivíduo mais suscetível à doença. O sintoma mais claro é o aparecimento de manchas no rosto, no formato de “asa de borboleta”.

Mas o paciente pode apresentar, também, sensibilidade ao sol, dor articular, queda de cabelo, febre persistente e fraqueza. Nos casos mais graves, chamados de lúpus eritematoso sistêmico, o paciente pode apresentar lesões crônicas que deixam cicatrizes na pele.

1040665_1101944639839134_1987269967720799990_o

O tratamento, realizado por um reumatologista, inclui o uso de protetor solar, anti-inflamatórios, corticoides e imunossupressores, mas a conduta médica varia conforme cada indivíduo. A recomendação é procurar sempre orientação médica, caso algum dos sintomas se manifeste.

SP_Saude_2017-Sauderesponde-lupus-02

Confira 7 perguntas sobre o assunto:

1 – O que é o Lúpus?

2 – O lúpus é uma doença hereditária?

3 – O lúpus tem cura?

4 – A mulher que tem lúpus pode engravidar?

5 – Quais os cuidados diários que a pessoa com lúpus deve ter?

6 – Tomar anticoncepcional pode ser um fator de risco?

7 – Tem como se prevenir da doença?

 

COMENTÁRIOS