Maternidade Santa Isabel lança exposição com ensaios newborn

Maternidade Santa Isabel lança exposição com ensaios newborn

Primeiros cliques, minha história começa na MSI" é o nome da mostra que reúne 55 fotos de autoria de Denise Joaquim. Abertura é dia 10 de maio e marca encerramento de calendário comemorativo pelos 40 anos da unidade

“Primeiros cliques: minha história começa na Maternidade Santa Isabel”. Esse é o nome da exposição fotográfica que traz 55 fotos ampliadas de autoria da fotógrafa voluntária Denise Joaquim (bauruense com diversas exposições fotográficas no currículo e participação em três livros de fotografia). A exposição ficará aberta de 10 de maio a 28 de junho, no hall principal da Maternidade Santa Isabel, unidade estadual de saúde sob gestão da Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp). A iniciativa marca três momentos: o encerramento do calendário comemorativo pelos 40 anos de existência da unidade hospitalar (12 de outubro), o aniversário de sete anos de gestão da Famesp (1 de junho) e o mês das mães – numa estratégia inédita no município ao abrir uma exposição com 24 horas de disponibilidade de visitação.

O material fotográfico integra o acervo de ensaios newborn feitos semanalmente pela voluntária, desde 2018. Desde então, cerca de 45 pares de mães e bebês tiveram cenas de afeto e carinho eternizadas pelas lentes da Denise.

“Vou uma vez por semana à maternidade e um quarto é sorteado, entre pacientes que não têm restrição clínica (isolamento) ou restrição social, para que eu faça as fotos. É uma tarde muito divertida e feliz”, relata Denise. “Meu trabalho visa potencializar o vínculo entre a mãe e seu bebê. São mães carentes, muitas delas muito novas, com outros filhos, e algumas sozinhas, sem o apoio de seus parceiros. São verdadeiras guerreiras!”, completa.

No dia do ensaio newborn, a voluntária leva roupinhas para os bebês (fantasias de super heróis, bailarinas, personagens infantis e gorrinhos divertidos feitos por ela em crochê), maquiagem e acessórios de cabelo para as mães, tecidos e cestas para compor o cenário. São feitos de dois a três ensaios no dia. Depois, ela presenteia as mães com um kit contendo um porta-retrato com foto, de cinco a dez fotos reveladas em papel fotográfico e todo o registro do ensaio gravado em CD com o material em alta resolução. Para que as mães continuem recebendo esse mimo no projeto voluntário de Denise Joaquim, pede-se à população para doar porta-retratos usados (formato 10cm x 15 cm) em bom estado.

“Eu também escrevo um cartão para cada uma das mães, destacando a importância da família com a chegada do bebê”, descreve Denise, que tem mergulhado no trabalho voluntário. Além dos ensaios, ela também integra o Projeto Abrace, iniciativa do Ministério Público do Estado de São Paulo que visa atender demandas de ação voluntária dentro e fora de unidades de saúde de Bauru, auxiliando, por exemplo, pacientes que não possuem familiares (idosas viúvas, crianças procedentes de abrigos, moradores de rua etc) ou cujos familiares não tenham como prestar auxílio como acompanhante durante internações. Esse trabalho vem sendo desenvolvido no Hospital Estadual de Bauru (HEB), com a participação de Denise. Outra frente de trabalho é o Projeto Cegonha, desenvolvido na Maternidade Santa Isabel, oferecendo transporte para pacientes vulneráveis e recém-nascidos na unidade.
“Simplesmente amo este projeto! Poder participar deste momento tão especial da vida deles é uma alegria enorme”, finaliza Denise, convidando a população a prestigiar a exposição fotográfica.

“Este projeto vem ao encontro de nossa visão de gestão e soma às ações de humanização já implantadas na unidade ao longo dos últimos anos. Parabenizamos todas as pessoas envolvidas por abraçarem esse trabalho com tanto empenho”, enfatiza o diretor executivo da Maternidade e presidente da Famesp, Antonio Rugolo Junior.

Sobre a Maternidade

Referência para 18 municípios que integram o Departamento Regional de Saúde de Bauru (DRS-VI), a Maternidade Santa Isabel é uma unidade ligada à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo que está sob gestão da Famesp desde junho de 2012. É um hospital estadual com Pronto Atendimento de Urgência e Emergência em Assistência Materno-Infantil, referência para gestantes e recém-nascidos de Bauru e referência em partos de alto risco para gestantes de outros 17 municípios da região. A unidade possui UTI Neonatal, Unidade de Cuidados Intermediários e Ambulatórios de Cirurgia Ginecológica, de Reavaliação Pós-Alta, de Pediatria da Prematuridade, de Anestesiologia e Ambulatório de Planejamento Familiar.

O Pronto Atendimento tem portas abertas diariamente, 24 horas por dia, para atender urgências e emergências obstétricas e emergências ginecológicas de mulheres de 18 municípios. É também referência para atendimento de mulheres que sofrem violência sexual. Para internações na UTI Neonatal e para consultas, exames e cirurgias eletivas tem vagas reguladas pela CROSS (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde).

Em fevereiro de 2018 teve entregue sua obra de reforma e ampliação, com investimento de R$ 25 milhões do governo do Estado. O tradicional prédio localizado na quadra 26 da Rua Araújo Leite, na Vila Santa Tereza – região central de Bauru, passou por uma grande reforma de modernização e ampliação. Além da reforma do prédio já existente, a obra abrangeu a construção de um anexo, totalizando uma área 4.162,00 m², permitindo a reorganização de setores e maior conforto no atendimento.

A unidade tem um total de 98 leitos nas alas de pré-parto, alojamento conjunto, clínica obstétrica, clínica cirúrgica, UTI Neonatal, Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e observação. A UTI Neonatal foi ampliada em 70%, passando a contar com 17 leitos, dos quais um de isolamento.

A Maternidade Santa Isabel realiza, por mês, aproximadamente 300 partos, 1.600 consultas no pronto-atendimento, cerca de 500 internações, 270 consultas ambulatoriais e mais de 650 exames. Desde 2012, o balanço total de atendimentos cresceu 169%, passando de 15.459 para 41.650 em 2017.

Após implantar diversas ações que integram políticas prioritárias do SUS, como a Política Nacional de Humanização (PNH) e a Política Estadual de Humanização (PEH), e modelos essenciais para a assistência perinatal, como o Método Canguru, a Maternidade Santa Isabel foi classificada pela SES-SP como primeira maternidade pública do interior de São Paulo referência em humanização.

 

SERVIÇO:

Exposição fotográfica “Primeiros cliques, minha história começa na MSI”

O que ver: 55 fotos ampliadas 40cm por 60 cm, coloridas e preto e branco, de autoria de Denise Joaquim, com cenas de mães e bebês nascidos na Maternidade Santa Isabel.

Período da exposição: 10 de maio a 28 de junho (aberta 24 horas por dia)

Local: Hall principal da MSI

Doação de Porta-retratos: porta-retratos usados podem ser doados na própria Maternidade, de segunda a sexta, das 8h às 17h, no Serviço de Atendimento ao Usuário. A Maternidade Santa Isabel fica na rua Araújo Leite, 26-27 – Vila Santa Teresa, Bauru-SP. Telefone: 14 3213-2800.

Quer saber mais? Acesse o site: www.msi.famesp.org.br

COMENTÁRIOS