Médicos do Hospital de Presidente Prudente viajam para missão voluntária no Rio Amazonas

Médicos do Hospital de Presidente Prudente viajam para missão voluntária no Rio Amazonas

Oito médicos de diversas especialidades do Hospital Regional de Presidente Prudente partiram na última terça-feira (6) rumo à Amazônia, para uma missão voluntária no Barco Hospital Papa Francisco. Durante nove dias, eles prestarão atendimentos médicos às famílias ribeirinhas do Rio Amazones, no Pará, que tem difícil acesso à saúde pública.

Essa é a segunda vez que um grupo de voluntários do HR vai até o Pará para promover um mutirão de atendimentos. Na última oportunidade, em 2017, cinco especialistas realizaram um mutirão oftalmológico na cidade de Juruti/PA.

Para a médica Priscila Rigolin, essa experiência vai proporcionar um grande aprendizado profissional, mas também pessoal. “Eu já fiz alguns trabalhos voluntários, mas nunca me imaginei estar indo para a Amazônia. É um sentimento de muita alegria e acho que será emocionante, pois não é só um trabalho, mas uma missão de levar saúde para quem não tem acesso”, conta emocionada Dra. Priscila.

Para o diretor administrativo do Hospital Regional, essa é uma forma dos médicos, que agora são “missionários do amor”, de somar forças com um projeto que buscar atender as necessidades de uma região carente de saúde e que aqui podemos oferecer.

“São profissionais de vasta experiência e formação que dificilmente aquela população teria se não fosse o Barco. Eles terão pacientes com realidades muito diferente do que encontram por aqui, por isso esperamos que nossos médicos aprendam bastante também e voltem motivados para partilhar dessa experiência com os demais profissionais do HR e também estimulá-los a ir nessa missão”, pontua o Frei.

Junto com os atendimentos, o grupo está levando 300 kits de higiene bucal para serem doados aos pacientes que serão atendidos na missão.

Barco Hospital Papa Francisco

Inaugurado em agosto de 2019, esse projeto busca levar atendimentos médicos e multiprofissionais à mais de 1000 comunidades ribeirinhas do Rio Amazonas, que antes tinham muitas dificuldades em ter acesso.

O projeto nasceu de um pedido do Papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, em 2013, quando o pontífice perguntou ao presidente-nato da Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus se havia algum projeto na Amazônia. Diante da negativa, surge um pedido “então vocês devem ir”.

A ALSF então assumiu a administração de dois hospitais no Pará, em Óbidos e Juruti, porém, os frades viram que as populações ribeirinhas não tinham como chegar até lá. Por isso, surgiu o sonho de construir um barco que levasse esses atendimentos às comunidades.

Graças ao 15º Tribunal Regional do Trabalho de Campinas, que contemplou a Associação com uma verba destinadas a projetos sociais, o sonho tomou forma e hoje cortou as águas do Rio Amazonas levando saúde, vida e esperança a quem não tinha até pouco tempo atrás.

Saiba quem são os missionários do amor

Dr. Alcides Frazzato Junior – Oftalmologista (CRM 138012);
Dr. Gustavo Coppi Maretti – Anestesista (CRM 133027);
Dr. Paulo André Ferrari – Neurocirurgião (CRM 118105);
Dr. Roque Nanci Grosso – Cirurgião Dentista / Bucomaxilofacial (CRO 28288);
Dr. Plínio Luiz de Arruda Armelin – Radiologista (CRM 161387);
Dr. Henrique Ebaid – Cardiologista (CRM 100107);
Dra. Priscila Rigolin – Clínica Geral (CRM 133035);
Dra. Karina Prado Herling – Cirurgiã Geral (CRM 170658)

COMENTÁRIOS