Médicos terão de passar por prova do Cremesp para entrar na rede estadual de saúde

Médicos terão de passar por prova do Cremesp para entrar na rede estadual de saúde

Ingresso de profissionais para programas de residência médica e contratação para serviços de saúde estaduais terá como requisito a realização na prova no Conselho Regional de Medicina

A Secretaria de Estado da Saúde tornou obrigatória a participação no exame do Cremesp (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo) para médicos graduados a partir de 2015 e interessados em participar concursos públicos do governo do Estado. A resolução foi publicada nesta quarta-feira, 2 de dezembro, no Diário Oficial do Estado.

Na ocasião da inscrição do concurso, o candidato deverá apresentar sua declaração de comparecimento e realização do exame – que avalia os conhecimentos médicos e é requisito para obtenção do registro profissional para o exercício da Medicina no Estado de São Paulo.

A iniciativa da pasta visa garantir o ingresso de profissionais devidamente aptos a cumprir suas atividades no SUS (Sistema Único de Saúde) paulista, tanto para os programas de residência médica quanto para a contratação de médicos.

“O governo do Estado tem investido recursos e esforços para oferecer serviços e profissionais de saúde realmente qualificados para atender à população. Nossa preocupação com a formação médica em SP, manifesta no apoio à exigência do exame para habilitação junto ao Cremesp, evidencia essa busca contínua pelo aprimoramento da assistência em saúde prestada aos paulistas”, afirma o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

COMENTÁRIOS