Moradora do ‘bairro da Copa’ é eleita a mais bela idosa de SP

Moradora do ‘bairro da Copa’ é eleita a mais bela idosa de SP

 Mais de 132 mulheres, entre 60 e 85 anos, se inscreveram para participar da 11ª edição do concurso da Secretaria de Estado da Saúde

         A dona de casa Severina Nunes Pereira dos Santos moradora de Itaquera, bairro da zona Leste onde daqui a pouco mais de um mês será dado o pontapé inicial para a Copa do Mundo de 2014, foi eleita nesta quinta-feira, 8 de maio, a mais bela idosa da cidade de São Paulo. A final do concurso promovido pela Secretaria de Estado da Saúde ocorreu no Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia (IPGG), em São Miguel Paulista.

Aos 64 anos, Severina contou com a ajuda de uma das filhas, de um total de três, para escolher o traje em que desfilou. Foi aplaudida em pé pela neta-coruja que acompanhou todo o desfile.

“Não esperava por isso. Imaginava que conseguiria como Miss Beleza ou Elegância, mas não essa categoria, pois é necessário atender todos os requisitos para vencer o concurso”, afirma. O segredo de beleza, segundo ela, é não usar maquiagem.

Severina e outras 24 finalistas, selecionadas entre um total de 132 candidatas, desfilaram nos tapetes do salão de convivência, trajando vestidos longos e curtos, azuis, vermelhos, dourados e verdes, comprovaram que beleza independe de idade.

Além de Severina, outras cinco candidatas foram eleitas nas demais categorias do concurso: Erny Alves dos Santos, Miss Timidez; Maria Conceição Liberato de Melo, Miss Simpatia; Teresa Cristina Graciano, Miss Sorriso; Aureluce de Melo Gastão, Miss Elegância; e Irene Pereira Vasconcelos, Miss Beleza.

As candidatas foram avaliadas por cinco jurados. Os desfiles ocorreram ao som de músicas de Kid Abelha, Lulu Santos e de artistas internacionais. O evento contou ainda com a apresentação de oito mulheres numa dança que une o country à ginástica rítmica, ensaiada pelo grupo de dança do IPGG.

Além das faixas, títulos e placas destinados às seis primeiras colocadas, as 25 participantes ganharam pequenos mimos, como bolsinhas, acessórios e maquiagem. As duas finalistas mais jovens têm 60 anos e, a mais velha, de 85 anos, que participou pela primeira vez do concurso do IPGG.

“Não ganhei hoje, mas foi ótimo. O que importa é participar”, disse a finalista Maria Adelia Magalhães Lopes.

COMENTÁRIOS