Muro do Emílio Ribas recebe grafite temático no Dia contra a Aids

Muro do Emílio Ribas recebe grafite temático no Dia contra a Aids

Hospital também promove mesa redonda sobre a doença com especialistas e a tradicional soltura de 10 mil balões vermelhos nesta terça-feira

O Instituto de Infectologia Emílio Ribas, unidade da Secretaria de Estado da Saúde referência nacional em tratamento de doenças infectocontagiosas, celebra este o dia 1º de dezembro,   Dia Mundial de Luta contra a Aids, com a inauguração de um grafite temático em seu muro externo e a soltura de 10 mil balões vermelhos.

O grafite foi feito por funcionários do hospital e 15 adolescentes da Fundação Poder Jovem, entidade que nasceu dentro do voluntariado Emílio Ribas, para dar suporte psicossocial e profissional a adolescentes, amigos e familiares que vivem e convivem com o vírus HIV. A apresentadora e cineasta Marina Person, que está lançando um filme que aborda o tema Aids, é a madrinha do projeto e participará da inauguração, às 9h desta terça.

Para o trabalho, aconteceram quatro oficinas de treinamento com o grupo sob orientação do artista plástico Ricardo Pennino, que também fez um painel em que o médico e pesquisador Emílio Ribas, que dá nome ao hospital, aparece segurando um preservativo. Dentre outras coisas, os adolescentes grafitaram as charges de figuras públicas importantes que foram vítimas da Aids: o cantor Cazuza, o sociólogo Herbert de Sousa, (o Betinho), o escritor e poeta Caio Fernando Abreu e Alex Vallauri, um dos pioneiros da arte do grafite no Brasil. O trabalho foi realizado em parceria com o projeto sócio-ambiental “Tudo de Cor pra Você”, das Tintas Coral.

O hospital está entre os primeiros serviços públicos de saúde do Estado de São Paulo a receber este tipo de arte. “A ação reforça o caráter de vanguarda do hospital, mas acima de tudo o seu comprometimento com o trabalho de prevenção a doenças”, diz o diretor do Emílio Ribas, Luiz Carlos Pereira Júnior. Hoje o instituto trata de 6.500 pacientes soropositivos e tem a maior farmácia especializada em antirretrovirais da América Latina.

Após a inauguração do grafite e entrega de certificados aos participantes do projeto, será aberta uma mesa redonda sobre Aids, com especialistas no tema. A programação será fechada às 12h, com a tradicional soltura de balões vermelhos. Desta vez, dez mil balões devem reafirmar o compromisso de luta contra a doença.

As ações fazem parte da Mobilização Virtual contra a Aids, promovida pelo hospital, nas mídias sociais, desde o dia 24 de novembro. Um aplicativo foi disponibilizado para que os internautas colocassem o laço vermelho, símbolo da luta contra a Aids, na foto de perfil, como forma de chamar a atenção para a prevenção e contra o preconceito a soropositivos. Famosos como Cauã Reymond, Bruno Mazzeo e Anderson Silva aderiram à campanha nas redes sociais.

O hospital Emílio Ribas fica na avenida Doutor Arnaldo, 165, Cerqueira César.

Confira a programação completa:

9H – INAUGURAÇÃO DO GRAFITE

A cineasta e apresentadora Marina Person inaugura o grafite e entrega os certificados da oficina aos funcionários e adolescentes da Fundação Poder Jovem que participaram do projeto. Destaque para o painel gigante do médico Emílio Ribas, que dá nome ao hospital, segurando um preservativo. Adolescentes também grafitaram charges de grandes artistas vítimas de Aids como o cantor Cazuza

9h30 MESA REDONDA DO DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A AIDS

9H30 – Políticas Públicas para HIV/Aids

David Uip

médico infectologista e secretário de Estado da Saúde de São Paulo

10h Desafios das DSTs e Aids no Estado de São Paulo

Maria Clara Gianna

Médica sanitarista e coordenadora do Programa Estadual de DST/Aids

10h30 PrEP (Profilaxia Pré-Exposição) – Evidências Científicas

Ésper Kallás

Médico infectologista e imunologista, livre docente pela Faculdade de Medicina da USP

11h O Papel da Imprensa na Luta contra a Aids

Roseli Tardelli

Jornalista e produtora cultural, fundadora e editora da Agência Aids de Notícias

COMENTÁRIOS