Na China, Butantan assina acordo de colaboração para desenvolvimento de vacina contra rotavírus

Na China, Butantan assina acordo de colaboração para desenvolvimento de vacina contra rotavírus

Em passagem por Wuhan, na província de Hubei, na China, na última quinta-feira (08), o diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas, acompanhado da equipe de Novos Negócios da instituição, assinou uma carta de intenções tripartite com a empresa chinesa BravoVax e a norte-americana Exxell BIO para o desenvolvimento de uma vacina pentavalente contra rotavírus. O documento define as bases de um desenvolvimento conjunto do imunizante a partir dos dados gerados na fase I, já concluída pelo Butantan, a partir da vacina original licenciada pela agência federal de saúde americana NIH (National Institutes of Health).

“A China é um país de dimensões extremas e tem enfrentado problemas com o fornecimento de vacinas. É um grande prazer para o Butantan colaborar com sua expertise no desenvolvimento desta, que é uma vacina bastante importante para o povo chinês”, afirmou Dimas.

O acordo faz parte da missão especial ao país asiático promovida pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e da Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade (InvestSP), que também levou representantes de diversas empresas sediadas no estado com o objetivo de estabelecer parcerias com companhias locais.

Escritório do governo estadual em Xangai

Na última sexta-feira (09), o governador João Doria inaugurou um escritório comercial de São Paulo em Xangai, o primeiro da InvestSP no exterior, com o objetivo de fortalecer e ampliar as relações econômicas com a China, além de detectar oportunidades de novos investimentos.

Além de Dimas, o diretor-presidente da Fundação Butantan, Rui Curi, o diretor de Estratégias Institucionais, Raul Machado, e a assistente de planejamento Cintia Retz prestigiaram o evento e cumprimentaram o governador.

COMENTÁRIOS