Na Pró-Sangue Novembro é Vermelho

Na Pró-Sangue Novembro é Vermelho

Novembro traz a data mais importante para a hemoterapia brasileira

Estar imbuído do espírito voltado à doação voluntária de sangue. É dessa forma que todos deveriam vivenciar o mês de novembro, que traz a data mais importante da hemoterapia brasileira: o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, comemorado no 25º dia.

E para festejar essa data, que deveria ser comemorada ao longo de todo o mês, nada melhor do que estar ao lado da pessoa a quem se rendem todas as homenagens: o doador voluntário de sangue. E essa questão assume uma grande relevância nessas últimas semanas em que os estoques da Pró-Sangue encontram-se em níveis críticos. Nesses dois últimos meses, a coleta de sangue registrou uma queda de 20%. Se continuar nesse ritmo, o abastecimento dos hospitais pode ficar comprometido.

É por isso que a Fundação resolveu dedicar todos os dias de novembro para homenagear esse importante ator da sociedade, que é considerado um herói por muitas pessoas que tiveram suas vidas restabelecidas por meio da transfusão de sangue. Para a Fundação, Novembro deveria ser Vermelho.

Em contraste aos países da Europa e aos Estados Unidos, onde de 5% a 7% da população é doadora de sangue, o Brasil ainda não conseguiu definitivamente consolidar a doação de sangue na sua cultura. Em nosso país esse índice ainda é tímido e corresponde a 1,8%.

De acordo com a Pró-Sangue, é essencial que as pessoas transformem a doação de sangue em um hábito nas suas vidas. Uma vez incorporada em sua rotina, bastaria que elas doassem pelo menos duas vezes ao ano, para que o sangue nunca venha a faltar. De acordo com a legislação brasileira, os homens podem doar a cada 60 dias (ter no máximo de 4 doações nos últimos 12 meses, sendo que as mulheres podem fazê-lo a cada 90 dias (ter no máximo de 3 doações nos últimos 12 meses).

Serviço – Para doar sangue basta estar em boas condições de saúde, vir alimentado, ter entre 16 e 69 anos (para menores, consultar site da Pró-Sangue), pesar mais de 50 kg e trazer documento de identidade original com foto recente, que permita a identificação do candidato.

Vale lembrar que é bom evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem a doação e, no caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes. Se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apta à doação. No mais, outros impedimentos poderão ser identificados durante a entrevista de triagem, no dia da doação. Para tanto, basta acessar o site da Pró-Sangue e consultar os pré-requisitos de doação.

O posto Clínicas fica na Av. Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 155, 1º andar, a 200 metros da estação Clínicas do Metrô. A unidade atende das 7 às 18 horas de segunda a sexta; das 8 às 17 nos sábados, feriados e pontes; e no 1º e 3º domingos de cada mês das 8 às 13 horas. Apenas lembrando que aos sábados o atendimento limita-se a 380 candidatos. Ao atingir esse número, o cadastro fecha. Mas para quem quiser garantir sua doação, há o Agendamento Master, que garante prioridade em todas as etapas do processo.

O estacionamento, gratuito aos doadores, é o subterrâneo – Garagem Clínicas, na Av. Dr. Enéas Carvalho de Aguiar. Para horário de funcionamento dos postos acesse: www.prosangue.sp.gov.br/doacao/Enderecos.aspx.

Mais informações no Alô Pró-Sangue 0800 55 0300, no site www.prosangue.sp.gov.br, no twitter @pro_sangue ou no facebook /prosangue.

A Fundação Pró-Sangue é uma instituição pública ligada à Secretaria de Estado da Saúde e ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Considerada um dos maiores bancos de sangue da América Latina e centro de referência da Organização Pan Americana de Saúde e Organização Mundial da Saúde, coleta mensalmente aproximadamente 12.000 bolsas de sangue, as quais têm como destino mais de 100 instituições públicas de saúde de SP, entre elas o Hospital das Clínicas, o Instituto do Coração e Instituto do Câncer de São Paulo. O volume de sangue coletado pela FPS representa cerca de 32% do todo o sangue consumido na Região Metropolitana de São Paulo.

Endereço dos demais postos

Posto Dante Pazzanese
Av. Dante Pazzanese, 500
2ª a 6ª (8 às 17 horas) e 2º e 4º sábados (8 às 16 horas)

Posto Regional de Osasco
R. Ari Barroso, 355 – Osasco
2ª a 6ª (8 às 16h30) e sábados (8 às 16 horas)

Posto Mandaqui
R. Voluntários da Pátria, 4227 – Santana
2ª a 6ª (12h45 às 18 horas)

Posto Pedreira
R. João Francisco de Moura, 251 – Jardim Campo Grande
2ª a 6ª (7:30 às 12:30 horas)
(conferir o horário no site, pois em alguns dias de novembro, a unidade estará fechada por questões operacionais)

Posto Barueri
R. Ângela Mirella, 354 – térreo – Barueri
2ª a 6ª (8 às 16 horas)

COMENTÁRIOS