#NovembroAzul: Instituto do Câncer promove ação de conscientização na estação Clínicas

#NovembroAzul: Instituto do Câncer promove ação de conscientização na estação Clínicas

O Instituto do Câncer de São Paulo, unidade ligada à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP, realiza ação de conscientização sobre o diagnóstico precoce do câncer de próstata na estação Clínicas do Metrô, na próxima terça-feira (19), das 11h às 14h.

Equipes de nutrição, reabilitação, enfermagem e psicologia do Instituto orientarão as pessoas que estiverem circulando pelo local sobre a importância de cuidar da saúde através de uma alimentação saudável, da prática regular de atividade física, bem como realizando consultas regulares ao médico.

A iniciativa faz parte da campanha Novembro Azul e visa chamar a atenção da população para a importância do cuidado com a saúde do homem e o diagnóstico precoce do câncer de próstata, que é o segundo tipo de tumor mais comum entre o público masculino.

O urologista do AME Bauru, Aparecido Donizeti Agostinho, destaca a importância na realização conjunta dos exames de sangue e de toque, o que aumenta as chances de detecção do câncer de próstata. “Quando nós fazemos o exame numa fase precoce, as chances de cura chegam a ultrapassar 90%. Como na fase inicial o câncer não apresenta sintomas, o homem precisa ir antes ao médico, pois à medida que a doença evolui, fica cada vez mais difícil tratá-la”, alerta o especialista.

De acordo com o urologista Cláudio Murta, “ações como esta são importantes pelo caráter de conscientização sobre a necessidade do exame preventivo. Além de tratar estes homens, vamos multiplicar a ideia da precaução, esperando que um tabu possa ser quebrado”, completa.

No Instituto do Câncer de São Paulo, o serviço de urologia realiza, em média, 1,5 mil atendimentos ambulatoriais por mês. A doença não causa sintomas no começo de seu desenvolvimento, por isso, é importante procurar um urologista regularmente e ficar atento a sinais, como dificuldade para urinar, sangramentos e infecções urinárias.

Descobrir a doença em um estágio inicial possibilita tratamentos menos agressivos, com alto índice de cura e mais qualidade de vida aos pacientes. “Por isso, é importante que o homem conheça o seu próprio corpo e realize check-ups anuais a partir dos 45 anos”, destaca o médico assistente da Urologia do Instituto, Maurício Cordeiro.

SERVIÇO

Ação de conscientização sobre câncer de próstata
Quando: Terça-feira (19)
Onde: Estação Clínicas do Metrô
Horário: Das 11h às 14h

COMENTÁRIOS