Obesidade e seu impacto na saúde do idoso é tema de palestra no Circuito Butantan da Maior Idade

Obesidade e seu impacto na saúde do idoso é tema de palestra no Circuito Butantan da Maior Idade

Participantes do Circuito Butantan da Maior Idade assistiram, nesta segunda (12), à palestra “Impactos da Obesidade na Saúde do Idoso”, realizada pelos estudantes da Faculdade de Medicina da USP João Daré e Letícia Spezia, que fazem parte do Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional (Fofito).

Os palestrantes explicaram que a obesidade é um desequilíbrio entre a distribuição de gordura e massa muscular. “É o excesso de peso caracterizado por uma participação da massa de tecido adiposo superior a 20% no peso total de uma pessoa”, explicou João.

Dados da OMS (Organização Mundial de Saúde) apontam que, hoje, mais da metade da população brasileira está com sobrepeso e que 20% está obesa. Considerada um dos maiores problemas de saúde pública no mundo, a obesidade é uma condição clínica crônica que deve ser tratada com cuidado, principalmente em idosos, em que o ganho de peso é mais comum.

“É preciso ter muito cuidado com a obesidade durante o envelhecimento, mesmo que seja natural o ganho de peso por diversos fatores como o sedentarismo, a diminuição da estatura e até a proporção de gordura que tende a ficar maior na região abdominal. O sobrepeso, neste período da vida, pode trazer ao idoso complicações mais graves como problemas ortopédicos, diabetes, hipertensão arterial, demência, redução do desempenho cognitivo, da memória e incapacidade”, diz a estudante de fisioterapia Letícia.

Para o combate e prevenção contra a obesidade, João explicou ao grupo sobre a importância de ter uma orientação qualificada de um profissional da saúde e de manter bons hábitos. “Não é difícil combater a obesidade, precisa ter força de vontade, praticar atividade física supervisionada e manter uma dieta saudável. Não é porque tem acima de 60 anos que, necessariamente, terá incapacidade funcional, só precisa tomar cuidado com os próprios hábitos.”

Circuito Butantan da Maior Idade

Neste mês, o projeto Circuito Butantan da Maior Idade completou três anos. Destinado a pessoas com mais de 60 anos, o programa conta com atividades que acontecem toda segunda e quarta-feira, das 8h30 às 11h15. O encontro é na recepção do Centro de Difusão Científica (CDC) ou no Espaço Paiol.

COMENTÁRIOS