Pacientes da Oncologia Pediátrica do Hospital de Bauru têm festa no Dia das Crianças

Pacientes da Oncologia Pediátrica do Hospital de Bauru têm festa no Dia das Crianças

Ação acontecerá no sábado (12) para crianças de oito cidades da região de Bauru em tratamento no HEB

Em comemoração ao Dia das Crianças, celebrado neste sábado (12), 22 crianças em tratamento contra o câncer na Oncologia Pediátrica do Hospital Estadual de Bauru (HEB) vão aproveitar a data num evento especial no Buffet Caramelada, que todo ano abre suas portas para esse momento. Foram convidadas crianças com idade entre dois e 15 anos, moradoras em Bauru, Cafelândia, Duartina, Lençóis Paulista, Macatuba, Pederneiras, Penápolis e Promissão.

O evento acontecerá entre 9h e 12h e todos os pacientes terão direito a levar um acompanhante. Promovida pela Associação Bauruense de Combate ao Câncer (ABCC) numa parceria com o HEB e demais voluntários, a festa será recheada de doces, brinquedos e muita diversão.

O ponto de partida será na cobertura da recepção principal do Hospital e o transporte das crianças e de seus acompanhantes será garantido na ida e na volta por voluntários do Projeto Abrace, coordenado pelo promotor Enilson Komono.

A festa também inspirou outro trabalho voluntário: o da fotógrafa Denise Guimarães, que fará a cobertura para oferecer às crianças uma recordação do evento. Os presentes ficaram por conta da ABCC, que anualmente proporciona horas de risadas e relaxamento a crianças e jovens em tratamento oncológico.

“Para nós, esse é um momento mágico e de muita gratidão. A cada ano, olhar para as carinhas delas, todas encantadas com a festa, não tem preço”, declara Cristina Aidar, presidente da ABCC. “Um dos nossos papéis, como associação de combate ao câncer, também é proporcionar mais qualidade de vida àqueles que enfrentam essa doença, que naturalmente traz fragilidades. A festa, portanto, acaba sendo uma estratégia para distrair e trazer alegria a esses pequenos pacientes”, completa.

“Para o Hospital, essas parcerias são cada vez mais fundamentais para que nossos pacientes tenham oportunidades que extrapolam as ações assistenciais. Sem contar que todas essas atividades estão em harmonia com as políticas de humanização que praticamos no dia a dia”, destaca a médica Deborah Maciel Cavalcanti Rosa, diretora-executiva do Hospital Estadual de Bauru.

COMENTÁRIOS