Primeiro transplante cardíaco do HC de Botucatu é realizado

Primeiro transplante cardíaco do HC de Botucatu é realizado

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) realizou na noite da última sexta-feira (17), o primeiro transplante cardíaco da história do Hospital. O órgão foi captado na Santa Casa de Jaú pela equipe do Programa de Transplante Cardíaco do HCFMB, coordenada pelo Dr. Marcello Laneza Felício. Com apoio do helicóptero Águia da Polícia Militar, o HCFMB recebeu o coração por volta das 17h.

O receptor foi um paciente do sexo masculino de 50 anos. Devido à questões éticas e principalmente respeitando o sigilo médico-paciente, seu nome não será divulgado. Cerca de 15 pessoas participaram do procedimento, que durou por volta de seis horas e foi realizado com sucesso. O estado de saúde do paciente é estável.

Para o superintendente do HCFMB, Dr. André Balbi, o dia de hoje foi histórico. “O nosso primeiro transplante de coração celebra o marco de mais um ciclo inovador no Hospital. Esse procedimento só foi possível graças a participação de uma grande equipe de apoio, que está fazendo o HC crescer cada vez mais. Parabenizo e agradeço à todos. Estamos muito orgulhosos”, disse.

O coordenador do Programa de Transplante Cardíaco do HC, Dr. Marcello Laneza Felício, afirmou que realizar o primeiro transplante cardíaco da instituição foi uma grande conquista. “O processo de credenciamento começou há três anos. Hoje, celebramos esse grande trabalho em conjunto. Agradeço também aos nossos principais parceiros para que esse primeiro transplante fosse realizado com sucesso: Santa Casa de Jaú, Polícia Militar e Rodoviária e ao ex aluno da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB), Dr. Flávio de Souza Brito”, finalizou.

Programa de Transplante Cardíaco do HCFMB

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu recebeu no ano passado a autorização do Ministério da Saúde para realizar transplantes cardíacos. A portaria que credencia o hospital a fazer este tipo de procedimento foi publicada na edição de 10 de outubro de 2018 no Diário Oficial da União (DOU).

COMENTÁRIOS