Projeto ambiental auxilia na reabilitação de pacientes do CRATOD

Projeto ambiental auxilia na reabilitação de pacientes do CRATOD

Atividade terapêutica entre o Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (CRATOD) e o Instituto Florestal (IF), proporciona reinserção social aos pacientes em tratamento. O projeto “Resgatando vidas e restaurando o bioma” capacita às pessoas na produção de mudas florestais, contribuindo na reinserção social, na promoção de saúde e na prevenção e tratamento do dependente.

Com início no mês de agosto, o programa é realizado pelo menos duas vezes por semana, durante o período matutino. Cerca de quinze pacientes passam a manhã inteira no canteiro. O projeto terá duração de três anos – tempo para o desenvolvimento das mudas. “Nessa primeira etapa os pacientes ficam no Cratod, podendo depois sair ao Instituto ou até mesmo, futuramente, seguir a profissão de jardinagem”, afirma o Diretor do Instituto Florestal, Luiz Alberto Bucci.

Um dos objetivos principais do projeto é plantar mudas que estão em extinção. O Palmito-Juçara e a Babosa Branca são algumas das espécies cultivadas, que ajudam a manter viva a flora brasileira. Entre plantar a semente, regar e esperar o tempo certo para colher os frutos, constrói-se um futuro para a natureza e para os pacientes.

COMENTÁRIOS