Rotina e má postura podem gerar dores nas costas

Rotina e má postura podem gerar dores nas costas

Sabe aquela dor nas costas que você sente no fim do dia? Essa é uma das maiores queixas dos brasileiros, afetando 36% da população de forma crônica, de acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Para a população mundial, a porcentagem chega a 80% de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Não são apenas as posturas corporais inadequadas que causam as dores, mas também o sedentarismo, atividades físicas mal orientadas, obesidade ou momentos de lazer.

Para a fisioterapeuta do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Ana Paula Monteiro, o problema pode ser evitado ao se locomover mais e ficar menos horas na mesma posição.

“Erramos a postura em locais de longa permanência. Se você vai ficar um bom período na mesma posição dentro de um ônibus ou de um carro, ou ainda na sala de aula ou no trabalho, é aí que você tem os erros de postura”, avisa Ana Paula.

Também é necessário ficar atento ao modo correto da postura para cada tipo de atividade. A rizartrose, por exemplo, é muito comentada atualmente. “É uma artrose nos ossos dos polegares em virtude da manipulação do celular. Era um problema que pouco se via antigamente, mas que agora tem sido cada vez mais comum em crianças e adolescentes”, ressalta a especialista.

A estudante Ana Paula da Silva sentia muita dor nas costas e percebeu que vivia com a postura errada. “Eu sentava torta e quando mexia no computador ficava sempre inclinada. Não é fácil ficar na posição correta, mas eu tento pois toda vez eu sinto que a dor melhora”, conta.

Confira oito dicas para evitar dor nas costas

Repousar

Deitar no chão ou em um colchão mais duro por 10 minutos, com pernas apoiadas sobre uma cadeira

Dormir de lado

Com um travesseiro que apoie o pescoço e outro entre as pernas

Compressas mornas

Colocar bolsa de água quente no lugar da dor para relaxar o músculo por mais de 20 minutos

Tomar banho quente

Aproveitar a pressão da água sobre o lugar doído

Sentar de maneira correta

Não cruzar as pernas ao sentar, sente-se em cadeiras cuja altura seja suficiente para apoiar as plantas dos pés no chão

Não ficar muito tempo na mesma posição

Levantar de hora em hora, no mínimo, e movimentar os quadris

Massagem

Feita por um especialista, para o relaxamento dos músculos; evite profissionais que queiram “colocar sua coluna no lugar”

Alongamentos

Deitar em uma bola de pilates e soltar cabeça e braços para trás, possibilitando que a coluna seja esticada

COMENTÁRIOS